Darkside  

Voltar   Darkside > Darkside > Comunidade

Mostrar resultado da votação: Você é a favor do aborto?
A favor. 162 78.64%
Contra. 34 16.50%
Não tenho opinião. 10 4.85%
Voters: 206. Você não pode participar dessa votação

Responder
 
Thread Tools
Gerson
Trooper
 

18-02-09, 19:23 #151
Vira pra nós, gerson!





Gerson is offline   Reply With Quote
u0165
Trooper
 

25-02-09, 16:59 #152
Quote:
No México, descriminalização do aborto faz cair o número de abandono de bebês em via pública

Menos complicações médicas e menos abandonos de recém-nascidos: as autoridades sanitárias do México fazem um balanço positivo da lei que descriminalizou o aborto até doze semanas de gestação - uma experiência pioneira na América Latina.

A lei foi aprovada em 24 de abril de 2007 pela Assembleia Legislativa do Distrito Federal, liderada há doze anos pela esquerda, apesar da oposição do Partido da Ação Nacional (direita), do presidente Felipe Calderón.
O arcebispo do México, o cardeal Norberto Rivera, havia ameaçado excomungar os legisladores.

A secretaria de Saúde do México anunciou que seus serviços haviam realizado mais de 20 mil interrupções voluntárias de gravidez (IVG) dentro da nova regulamentação; 68% das mulheres que recorreram à IVG tinham entre 18 e 29 anos e 56% eram solteiras, revelou o secretário da Saúde da capital, Armando Ahued.

A informação do público permitiu reduzir os riscos e privilegiar os métodos médicos: 76% das mulheres que abortaram tiveram acesso aos serviços de saúde antes da nona semana da ausência de menstruação e, em 87% dos casos, a IVG pôde ser realizada sem que fosse necessário fazer uma curetagem, explicou o doutor Ahued.

A lei beneficiou as mais carentes. Não se veem mais pacientes chegando ao hospital com um útero perfurado em consequência de manobras abortivas perigosas. A única morte registrada, a de uma adolescente de 15 anos que havia escondido o tempo de sua gravidez, deveu-se ao fato de que o médico deixou de realizar a ultrassonografia exigida pelo protocolo.

Aquelas que enfrentam uma gravidez não desejada podem ligar para um número de telefone que funciona 24 horas por dia, por meio do qual recebem um auxílio psicológico. Durante a entrevista obrigatória antes da IVG, as mulheres são informadas sobre outras opções possíveis: manter a criança ou entregá-la à adoção. Cerca de metade delas desistiram do aborto.

"Esse resultado é bem melhor do que imaginávamos durante a votação da lei", comemora a feminista Marta Lamas, que a defendeu com sucesso quando a direita católica lutou, em 2008, para invalidá-la pela Suprema Corte. Tendo perdido essa batalha, as correntes conservadoras tentaram modificar a circular administrativa que obriga os hospitais a darem a "pílula do dia seguinte" a todas as mulheres que a pedirem, em caso de estupro.

Tráfico de menores

A esquerda mexicana espera que essa legislação sirva de exemplo na América Latina, onde - com exceção de Cuba - muitos países limitam o acesso ao aborto, e até o criminalizam, como no Chile, em El Salvador, na Nicarágua e na República Dominicana.

Um dos efeitos da lei foi diminuir pela metade os casos de recém-nascidos abandonados por mães em situação de grande fragilidade: de 2,2 por mês, em média, em 2006 e 2007, para 1,2 em agosto de 2008. Essa queda é ainda mais desejável pelo fato de que os estabelecimentos encarregados de acolherem as crianças abandonadas, órfãos ou tirados de sua família, são muito mal supervisionados pelas autoridades de tutela. Como mostra o escândalo ocorrido em torno dos lares Casitas del Sur (Casinhas do Sul), no México e em Monterrey, no nordeste.

Um grupo de homens penetrava à noite em um dos centros situado perto da rodovia México-Cuernavaca. Uma dezena de crianças desapareceu. Elas teriam sido sequestradas por redes de tráfico de menores. Desaparecimentos similares aconteceram em 2005, em um estabelecimento de Cancún.
Le Monde
http://noticias.uol.com.br/midiaglob...t580u3582.jhtm

=))

u0165 is offline   Reply With Quote
Danilow
Trooper
 

Gamertag: CADanilo
26-02-09, 17:27 #153
só em caso de estupro e gravidez de risco... o resto sou totalmente contra...

Danilow is offline   Reply With Quote
Zigfried
Trooper
 

XFIRE ID: k00patroopa Steam ID: koopatroopa_
26-02-09, 18:12 #154
favorzasso!

até um certo estagio da gestacao...

Zigfried is offline   Reply With Quote
porteir0
Trooper
 

28-02-09, 11:22 #155
Buenas. Reproduzo em parte, e já com o viés da minha interpretação, o raciocínio de um dos delegados estaduais do CREMERS (polícia de medico em outras palavras) - Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul; durante um congresso de Medicina em 2004 sobre Bioética:

"..de acordo com 1 dos pilares da Bioética ( eles são 3 - AUTONOMIA, JUSTIÇA, NÃO MELEFICÊNCIA ou BENEFICÊNCIA) o princípio da AUTONOMIA, dá - como o próprio nome já diz - autonomia para a mulher sobre o seu próprio corpo. Independentemente da particularidade de inúmeras situações, como o aborto, cirurgia plástica... a mulher tem o direito, autonomia sobre seu corpo.

Logo, não haveria discussão. Seria o ponto final da questão.

Entretanto, a situação é mais complexa, na questão do aborto: o ponto onde começa a vida é a chave para a questão." O início da vida "- está se aceitando a teoria do início da vida, observando-se as manifestações de como ela termina, e hoje, mundialmente a teoria da MORTE CEREBRAL ( cessação das atividades elétricas do córtex-cerebral ), é parâmetro indiscutível.

Saber o ponto onde iniciam-se as atividades elétricas cerebrais no embrião/feto, pode ser a chave da questão.

Antes disso: apenas um conjunto celular; depois - um ser humano.

Essas questões complexas sobre ética e bioética não são infrequentes aqui na DS, e geralmente são os topics que causam grandes, e calorosas discussões.

"Vivemos numa sociedade intensamente dependente da ciência e da tecnologia, em que quase ninguém sabe algo sobre ciência e tecnologia." Carl Sagan


Se sou a favor? Sim; mesmo depois do boot cerebral.

porteir0 is offline   Reply With Quote
Gerson
Trooper
 

04-03-09, 18:32 #156
Quote:
Médico afirma que gravidez de menina de nove anos foi interrompida
Procedimento teria sido realizado com autorização da mãe

A gravidez da menina de nove anos que teria sido abusada pelo padrasto foi interrompida na manhã desta quarta-feira. Segundo o diretor médico do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros, da Universidade de Pernambuco (Cisam/UPE), Sérgio Cabral, os dois fetos foram expelidos. As informações são do G1.

Cabral informou que o procedimento foi realizado com autorização da mãe e consentimento da menina, seguindo protocolo recomendado pelo Ministério da Saúde em casos de gravidez de risco ou decorrente de violência sexual.

— Nós entendemos que a menina se encaixava em ambos os casos — disse o médico.

Para o procedimento, os médicos usaram um medicamento que provoca contrações do útero, induzindo a expulsão do feto. Segundo Cabral, a menina passa bem e ainda está no centro cirúrgico, onde deve aguardar um período de jejum, de oito a doze horas.

Após esse tempo, deverá ser realizada uma curetagem uterina (processo que realiza a limpeza do útero), prevenindo infecções posteriores.
,

Gerson is offline   Reply With Quote
Locutus
Trooper
 

04-03-09, 20:38 #157
Quote:
Postado por Annia Walker Mostrar Post
You must spread some reputation....

Locutus is offline   Reply With Quote
dos Pampas
Trooper
 

05-03-09, 21:12 #158
cabuloso essa noticia ae deus, mas infelizmente é isso, eu nao me surpreendo, faz parte do ser humano, não de todos, mas da raça..

e quem é contra a esse tipo de aborto é irracional, tem algum proposito escroto e conservador como o da igreja...

se ao menos podessemos pegar uma carabina e atirar na cabeça dum filho da puta desses, mas não, não podemos, temos que aceitar, aceitar isso, aceitar castelos, aceitar tudo, faz parte, não é uma civilização marciana somo nós, é a nossa civilização, nunca vai mudar, eu mesmo devo conhecer algum perturbado debil mental desse e nem imaginar, assim como quem conhecia esse infeliz ae..

e enquanto isso a prioriade da educação perde pras campanhas politicas..

dos Pampas is offline   Reply With Quote
Hobbes
Trooper
 

14-12-10, 14:14 #159
A favor.
Todo mundo sabe que as pessoas fazem sexo por prazer, não pra reproduzir. Depois vêm com essa hipocrisia de "assuma suas cagadas, crie seu filho".
Claro que é cagada não se submeter a pelo menos um método contraceptivo, e eu acho que ninguém vai ser idiota de achar normal fazer aborto, até porque não é um procedimento tão simples, seguro ou mesmo barato, eu imagino. Mas se precisar, faz. Tem que ser liberado sim, e sem questões morais e éticas pra disfarçar as verdadeiras intenções de quem quer liberar ou proibir a prática.

E mais: eu acho que a intenção de se ter um filho deveria ser declarada formalmente. A cagada de engravidar sem a intenção é de ambos, ou seja, é da mulher também, que no caso de gravidez indesejada toma a decisão SOZINHA.

Hobbes is offline   Reply With Quote
troy
Trooper
 

14-12-10, 14:29 #160
wtf velho.. esse tópico subiu sozinho

o certo seria fazer uma campanha gigante de castração/conscientização da população, distribuir camisinha e legalizar o aborto logo..
ele não é legalizado mas não quer dizer que ele não aconteça.. acontece em condições péssimas, clínicas sujas, médicos açogueiros, ou senão a mina compra uma pílula que ouviu dizer que aborta e tenta fazer sozinha..
dai pode dar um monte de merda, infecção, a mina fica doente, algumas perdem o útero, outras entram em depressão, etc...

pois se é pra acontecer que seja numa clínica segura com procedimentos corretos e no tempo certo, o mais precoce possível.. acompanhamento psicológico, conscientização e etc......

sem falar é claro, no aumento de meninos abandonados que o estado não faz porra nenhuma, joga na rua e manda se virar

essa política de proibição aqui, proibição dali só cria um clima de repressão e preconceito, e quem se fode é a população em geral

troy is offline   Reply With Quote
Gerson
Trooper
 

14-12-10, 14:33 #161
Quote:
Postado por troy Mostrar Post
o certo seria fazer uma campanha gigante de castração
 

Gerson is offline   Reply With Quote
rockafeller
Chief Rocka
 

14-12-10, 14:35 #162
o topic sobe "sozinho" quando um espertalhao da reply e depois deleta neh

ontopic: A FAVOR, QUEM É CONTRA É PQ ACREDITA NESSES MUMBO-JAMBO DE RELIGIÃO E ESPIRITOS, COISA DE IDIOTA

valeu

rockafeller is offline   Reply With Quote
Conrado
Trooper
 

Gamertag: Conrado88 PSN ID: Conrado888
14-12-10, 14:38 #163
o god, not this again

Conrado is offline   Reply With Quote
troy
Trooper
 

14-12-10, 14:39 #164
essa parada de deletar o post não funciona.. já testei aqui uma vez e lembro que o tópico desce de novo
foi alguma força maior!
uhahuahuahuahu

troy is offline   Reply With Quote
Alcaronte
Trooper
 

14-12-10, 14:44 #165
totalmente a favor, inclusive se minha mãe me aborta-se, eu jamais ficaria sabendo, e a vida continuaria na mesma.

Alcaronte is offline   Reply With Quote
u0165
Trooper
 

14-12-10, 14:56 #166
n foi deletar o reply, foi alguém que votou na poll

u0165 is offline   Reply With Quote
Vassourada
Cada vez mais ridículos
 

14-12-10, 15:24 #167
Quote:
Postado por Conrado Mostrar Post
o god, not this again
o, not this god again

Vassourada is offline   Reply With Quote
Sabbath
R2D2
 

Steam ID: ssabbath
14-12-10, 16:27 #168
Engraçado, por ser pai eu também acho um belo filho da puta quem concorda com aborto... tipo 'banalizar' o aborto...

Não tenho religião, não tenho fé alguma... pelo contrário, penso que do pó viemos, ao pó iremos....

Colocar o aborto banalizado assim de qualquer forma é SIM filha da putisse.
Claro, existem casos especiais, cada caso é um caso, mas simplesmente liberar pq é um "possível" marginal na rua é muita babaquisse, nem chance ele teve... então tá, faremos assim, para pobres bastardos que ganham menos que 2k o direito do aborto é concedido, agora pra os ricos e milhionários não pode... afinal, esse mlk que vem é uma benção para a humanidade não é?

Que pensamento mesquinho...

Deeeeeeee qualquer forma, discutir isso aqui envolve MUITAS coisas, entre elas religião, e infelizmente as pessoas acham que pelo fato da pessoa ter crença, ela é religiosa e que tem tudo haver com o fato da pessoa ser ou não racional...

Ahhh mas abortar um amontoado de celulas não é matar ninguém, realmente, não é matar ninguém, e como disse, existem coisas que devem ser discutidas...
porém banalizar isso é ridículo, todo caso deve ser analisado, e como todo caso merece estudo e estudo demora, geralmente não, não pode!

Sabbath is offline   Reply With Quote
rockafeller
Chief Rocka
 

14-12-10, 16:30 #169
mimimi tive um filho nao-planejado, nao tive coragem de abortar e agora quero q todo mundo se foda tb mimimi

rockafeller is offline   Reply With Quote
Bombastic
The Alpha Male
 

14-12-10, 17:19 #170
eu acho q se o aborto fosse legalizado eu nao precisaria de ler varias merdas postadas aqui na ds... tenho certeza q teve gente aqui q foi filho indesejavel e nao planejado

Bombastic is offline   Reply With Quote
Hobbes
Trooper
 

14-12-10, 17:22 #171
Sabbath, esse argumento de liberar o aborto pra não ter marginal na rua é mais um do tipo moralista, que pretende apoiar a liberação em um falso valor moral.

Da mesma forma como o argumento "não como carne porque coitada das vaquinhas" é infantil, "não apoio o direito ao aborto porque coitada da criancinha" também é.

E tanto quanto o argumento "não como carne porque a pecuária favorece o aquecimento global" é falsamente politizado e hipócrita, "não apoio o direito ao aborto porque vai gerar problema pra saúde pública" também é.

No segundo caso, a conseqüência ruim é possível mas não passa de uma especulação, e é apresentada para reforçar um argumento que na verdade não tem nada a ver com valores morais, mas serve para atender interesses pessoais.

E mais: aborto tem que ser discutido abertamente e com sinceridade. As pessoas se escondem atrás de argumentos hipocritamente carregados de valores morais quando sentem medo de serem rechaçadas por uma sociedade preconceituosa. Eu acho que o mais correto seria dizer "eu apoio o aborto porque quero, por mim". E desde que isso seja feito da melhor forma possível, tomando-se os devidos cuidados no que diz respeito à autorização do procedimento e com a saúde da mulher, não vejo problema nenhum. Aliás, só benefícios.

Só que isso só vai acontecer quando o direito à escolha for garantido, ou o "aborto liberado" , como costumam dizer por aí.

Hobbes is offline   Reply With Quote
Alcaronte
Trooper
 

14-12-10, 17:59 #172
qual o problema da pessoa querer abortar? As vezes não é o devido momento da vida da pessoa pra ter filho, as vezes nem condições ela tem, ai por causa desse pensamento retrógado a pessoa se ve "obrigada" a ter um filho que ela pode rejeitar.
Pra q isso? Na moral? Dúvido que se fosse legalizado seria esse oba oba todo que as pessoas que são contra o aborto falam.

Sinceramente, quem vai querer em algum momento, gastar uma $$$ pra abortar, e passar por um procedimento perigoso pra tirar um filho indesejado?? Ninguem normal vai ficar fazendo isso como hobby, então libera ué, fez cagada e foi sem camisinha? vai ter filho? blz, aborta ai, paga caro e passa por esse procedimento todo pra abortar e aprender a n vacilar dnovo.

Alcaronte is offline   Reply With Quote
Sh3lld3r
Trooper
 

Steam ID: sh3lld3r
14-12-10, 18:31 #173
Não tem q ter a favor ou contra, quem quiser que faça.

Ser contra não vai impedir quem quer abortar de faze-lo, só vai fazer com que a mulher que aborte sofra complicações cirurgicas em alguns casos.

 


btw: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/n...hipocrita.html

Papa fail.

Sh3lld3r is offline   Reply With Quote
troy
Trooper
 

14-12-10, 23:53 #174
boa sheldo..
e que infeliz esse Sérgio Cabral.. como fala merda velho.. pqp
'Quem não teve uma namoradinha que teve que abortar?'

hoje em dia temos perfeitas noções e métodos de como evitar uma concepção.. não tem mais essa desculpinha de que aconteceu
nem se eu fosse burro o suficiente de engravidar uma mina 'sem querer', eu não deixava ela abortar meu filho nem a pau..

troy is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

15-12-10, 03:31 #175
Todas as sociedades do planeta tem limites e regras para a prática do aborto. As sociedades e seus limites são bem variados, porém as pessoas do planeta se dividem em apenas dois grandes grupos:

GRUPO 1: Pessoas capazes reconhecer que qualquer limite colocado para o aborto na verdade é arbitrário e não tem relação nenhuma com o valor intrínseco que cada ser humano possui simplesmente por existir.

GRUPO 2: Pessoas que aceitam as regras arbitrárias simplesmente porque elas possibilitam agir da forma que mais lhes convém.

Dentro desses grupos cabem todos os tipos de pessoas, religiosos, não-religiosos, políticos, operários, filósofos, etc.


Last edited by Eon; 15-12-10 at 03:37..
Eon is offline   Reply With Quote
dos Pampas
Trooper
 

15-12-10, 03:37 #176
qualquer limite na verdade é arbitrário? sim devemos seguir todo esse primeiro exemplo e concordar com a minoria absoluta, no caso vc eon. e fazer o que tu prefere.

Arbitrario, abortar uma criança totalmente defeituosa e achar que deve sobreviver que pra mim é impor a vida. arbitrariedade, tendo em vista que até os animais irracionais matam seus filhotes defeituosos.. agora só pq vc acha que compreende as coisas usa de arbitrariedade no comentario? impondo sua opiniao no assunto que é mais que complexo como a unica verdadeira. Faz favor.

dos Pampas is offline   Reply With Quote
SsjGohan
Trooper
 

15-12-10, 04:46 #177
boa eon
Todas as sociedades do planeta tem limites e regras para a (insira um problema qualquer). As sociedades e seus limites são bem variados, porém as pessoas do planeta se dividem em apenas dois grandes grupos:

GRUPO 1: Pessoas capazes reconhecer que qualquer limite colocado para o (insira novamente o problema) na verdade é arbitrário e não tem relação nenhuma com o valor intrínseco que cada ser humano possui simplesmente por existir.

GRUPO 2: Pessoas que aceitam as regras arbitrárias simplesmente porque elas possibilitam agir da forma que mais lhes convém.

Dentro desses grupos cabem todos os tipos de pessoas, religiosos, não-religiosos, políticos, operários, filósofos, etc.


falou falou e nao falou nd
vire politico eon

SsjGohan is offline   Reply With Quote
SsjGohan
Trooper
 

15-12-10, 04:47 #178
post duplo

SsjGohan is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

15-12-10, 05:09 #179
Quote:
Postado por dos Pampas Mostrar Post
devemos seguir todo esse primeiro exemplo e concordar com a minoria absoluta, no caso vc eon
Mas eu não sou minoria, eu sou maioria esmagadora! Eu, como a maioria das pessoas do planeta terra, acho o aborto potencialmente errado e imoral.

Claro que as pessoas discordam nos detalhes. Alguns dizem 10 semanas, outros dizem 12, outros 24... mas todos, praticamente sem exceção, sabem que o aborto é errado em algum grau. A prova disso é que existem REGRAS E LIMITES em todos os lugares para essa prática. Regras que não existiriam se as pessoas considerassem o aborto uma prática trivial e moralmente neutra.

Eon is offline   Reply With Quote
Bombastic
The Alpha Male
 

15-12-10, 09:41 #180
Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
mas todos, praticamente sem exceção, sabem que o aborto é errado em [I]algum grau.
se vc considerar 24~28 semanas algum grau

ai vc tem meu voto

Bombastic is offline   Reply With Quote
Ice
Trooper
 

15-12-10, 11:14 #181
Apoio completamente o aborto em qualquer caso e circunstância.

Ice is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

15-12-10, 12:23 #182
Quem diz o que é certo e o que é errado?

Em contexto universal isso não existe. O máximo que podemos fazer é dizer que "na sua forma de pensar, você não gosta de tal coisa (aborto, pena de morte, castração, solidariedade, direitos iguais etc) porque poderia ser feito de um modo melhor ou mais lógico".

Mas como você pode dizer que tal coisa é "certa" ou "errada" sem ser 100% arbitrário? E nisso incluo tudo, desde coisas consideradas terríveis para nós (como pessoas criadas de certa maneira, com certos pensamentos), quanto coisas consideradas bonitas ou nobres para nós.

Não vá querer que todos sigam a mesma linha de pensamento da sua/nossa criação, acusando todos aqueles que pensem diferentemente de serem inferiores culturalmente ou de estarem "errados".


Em suma, tudo isso pra dizer que eu não acho o direito de abortar nem um pouco errado (e nem certo, diga-se de passagem). Só acho que a FALTA do direito de abortar contém uma ilógica e um machismo digno de idade das trevas.


Last edited by Baron; 15-12-10 at 12:30..
Baron is offline   Reply With Quote
Gerson
Trooper
 

15-12-10, 13:17 #183
Não sei se exatamente um Machismo, Baron. Acho que é mais uma punição da sociedade pra aqueles que ousaram transar sem querer ter filhos!

Gerson is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

15-12-10, 13:29 #184
Também. Eu tenho um post sobre isso na página anterior.

É o rancor e o fascismo intrínseco do povo brasileiro que aflora, porque, convenhamos, os brasileiros ou até latinos em geral, são autoritários e estadistas por natureza. Tudo tem que ser regulado e o Estado sempre tem que dizer o que fazer.

Uma mulher sequer pode fazer o que quiser com o próprio corpo se o pai-Estado não deixar. Os indivíduos não querem possuir a liberdade de tomar decisões, sempre há que haver leis rígidas e fascistas, destruindo a liberdade alheia, para que o Estado corrupto cague nas decisões e então tenhamos um bode expiatório para nossa própria incompetência e covardia.

É por isso que a maioria gosta que o Estado tenha uma posição tão autoritária na vida pessoal dos cidadãos. O aborto só é mais uma dessas decisões que são pesadas demais para um povo covarde tomar. Então é melhor não ter a opção.

Baron is offline   Reply With Quote
rockafeller
Chief Rocka
 

15-12-10, 13:51 #185
eu chamo de "valores católicos medievais"

rockafeller is offline   Reply With Quote
dos Pampas
Trooper
 

15-12-10, 15:09 #186
nem só catolicos.. nego adora comandar a vida dos outros, como se fosse fazer alguma diferenca ser contra as coisas, sendo que quando a agua bate na bunda a ideologia de uma vida inteira vai por agua a baixo.. e ai tá tudo bem, falso moralismo e hipocrisia pra variar.

dos Pampas is offline   Reply With Quote
troy
Trooper
 

15-12-10, 15:26 #187
vou colar a reportagem que o sheldo postou porque parece que poucos leram:

Quote:

'Quem não teve uma namoradinha que teve que abortar?', indaga Cabral
Governador do Rio comparou legislação brasileira com a de outros países.
Até 300 mil mulheres por ano tratam abortos malfeitos em hospitais, disse.


O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), disse nesta terça-feira (14) que a atual legislação sobre aborto no país é uma “vergonha” e afirmou que há "hipocrisia" sobre o tema. Ele defendeu a ampliação dos casos em que a interrupção da gravidez é permitida. Atualmente, apenas mulheres vítimas de estupro e que correm risco de morte podem obter autorização judicial para fazer um aborto.

“O Brasil está dando certo, é aprofundar a democracia, vamos aprofundar a liberdade de imprensa, aprofundar a vida como ela é, discutir os temas que têm que ser discutidos. O aborto, por exemplo, foi muito mal abordado na campanha eleitoral. Será que está correto um milhão de mulheres todo ano fazerem o aborto, talvez mais, em que situação, de que maneira? Não vamos enfrentar, então está bom. Então o policial na esquina leva a graninha dele, o médico lá topa fazer o aborto, a gente engravida uma moça – eu não porque já fiz vasectomia e sou bem casado – mas engravidou... Quem é que aqui não teve uma namoradinha que teve que abortar?”, questionou o governador.
Cabral deu as declarações durante discurso em um seminário organizado pela revista "Exame", em São Paulo, sobre oportunidades de negócios no Rio de Janeiro para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, e em uma entrevista logo após o evento.

Na entrevista, Cabral foi questionado sobre a frase. Disse que estava falando de homens que tiveram namoradas que engravidaram e foram abortar em clínicas clandestinas. “Isto é a vida como ela é. Só que o sujeito de classe alta, ele tem uma clínica clandestina de aborto, mas em melhores situações”, afirmou.

O governador do Rio de Janeiro defendeu discussões sobre mudanças na legislação."Vamos encarar a vida como ela é. Acho que está faltando ao Brasil, neste momento, sem dispensar todo o acúmulo que tivemos nesses anos, aprofundar a democracia, os problemas, a legislação", declarou.

Cabral disse que a dicussão sobre o tema deve ser ampliada com a sociedade. "Vamos discutir com a classe médica e as mulheres. Mas tem que ser ampliado [o debate]. Do jeito que está está errado, está falso, está mentiroso, hipócrita. É uma vergonha para o Brasil."

Ele comparou as restrições da legislação brasileira sobre o aborto com a de países onde a religião tem uma influência maior na esfera política. "Vamos pegar países onde a religião tem um peso significativo: Espanha, Portugal, Itália, França, Estados Unidos, Grã Bretanha. Será que esses países gostam menos da vida do que nós? Será que o povo inglês, francês, italiano, povo português, gosta menos da vida do que o povo brasileiro? Esse é o ponto", disse.
Segundo ele, entre 200 mil e 300 mil mulheres são atendidas anualmente em hospitais para reparar danos causados por abortos malfeitos.

"Ninguém é a favor do aborto, você é a favor do direito da mulher a recorrer a um serviço público de saúde para a interrupção de uma gravidez. Imagino que não tem nenhuma mulher no mundo a favor e nenhum homem. Mas uma coisa é uma mulher, por necessidade física, psicológica, orgânica, psiquiátrica, desejar interromper uma gravidez. Acho que o poder público tem que estar preparado para atender essa mulher. Isso é uma hipocrisia [não pemitir o atendimento]", opinou.

‘Fábrica de marginal’
Em 2007, em entrevista exclusiva ao G1 , Cabral havia defendido o aborto como forma de combater a violência no Rio de Janeiro. "Tem tudo a ver com violência. Você pega o número de filhos por mãe na Lagoa Rodrigo de Freitas, Tijuca, Méier e Copacabana, é padrão sueco. Agora, pega na Rocinha. É padrão Zâmbia, Gabão. Isso é uma fábrica de produzir marginal", declarou na época.

Cabral usou como argumento teses do livro "Freakonomics", dos norte-americanos Steven Levitt e Stephen J. Dubner, que estabelece relação entre a legalização do aborto e a redução da violência nos EUA.
por causa da estupidez dessas leis e do egoismo de pessoas que desejam mandar na vida dos outros, milhões de mulheres sofrem no país e no mundo sem saber o que fazer quando engravidam num momento indesejado... não podem ter auxílio e conselho de ninguém confiável, se sentem excluidas, rejeitadas, criminosas e recorrem a clínicas clandestinas e medicamentos duvidosos..

ao invéz de receberem conselhos de um profissional, acompanhamento psicológico e a possibilidade de um procedimento seguro, são simplesmente jogadas na marginalidade... é muito mais simples, fácil e barato

se houvesse um acompanhamento, muitos abortos poderiam ser evitados porque a pessoa não se sentiria tão pressionada pela sociedade e com conselhos de uma pessoa mais experiente poderia parar pra pensar melhor na situação e na oportunidade de ter um filho..

troy is offline   Reply With Quote
Universus
Trooper
 

15-12-10, 17:02 #188
SOU A FAVOR.

"Uma prostituta, chamada Brasil se esqueceu de tomar a pílula,
e abarriga cresceu
Um bebê não estava nos planos dessa pobre meretriz de dezessete anos
Um ABORTO era uma fortuna e ela sem dinheiro
Teve que tentar fazer um ABORTO caseiro
Tomou remédio, tomou cachaça, tomou purgante
Mas a gravidez era cada vez mais flagrante
Aquele filho era pior que uma lombriga
E ela pediu prum mendigo esmurrar sua barriga
E a cada chute que levava o moleque revidava lá de dentro
Aprendeu a ser um feto violento
Um feto forte escapou da morte
Não se sabe se foi muito azar ou muita sorte
Mais nove meses depois foi encontrado, com fome e com frio,
Abandonado num terreno baldio.

(4x)Pátria que me pariu!
Quem foi a pátria que me pariu!?

A criança é a cara dos pais mais não tem pai nem mãe
Então qual é a cara da criança?
A cara do perdão ou da vingança?
Será a cara do desespero ou da esperança?
Num futuro melhor, um emprego, um lar
Sinal vermelho, não da tempo prá sonhar
Vendendo bala, chiclete...
"Num fecha o vidro que eu num sou pivete
Eu não vou virar ladrão se você me der um leite, um pão, um vídeo game e uma televisão, uma chuteira e uma camisa do mengão.
Pra eu jogar na seleção, que nem o Ronaldinho
Vou pra copa vou pra Europa..."
Coitadinho!
Acorda moleque! Cê num tem futuro!
Seu time não tem nada a perder
E o jogo é duro! Você não tem defesa, então ataca!
Pra não sair de maca!
Chega de bancar o babaca!
Eu não aguento mais dar murro em ponta de faca
E tudo o que eu tenho é uma faca na mão
Agora eu quero o queijo. Cade?
To cansado de apanhar. Tá na hora de bater!

(4x)Pátria que me pariu!
Quem foi a pátria que me pariu!?

Mostra tua cara, moleque! Devia tá na escola
Mas tá cheirando cola, fumando um beck
Vendendo brizola e crack
Nunca joga bola mais tá sempre no ataque
Pistola na mão, moleque sangue bom
E melhor correr que lá vem o camburão
É matar ou morrer! São quatro contra um!
Eu me rendo! Bum! Clá! Clá! Bum! Bum! Bum!
Boi ,boi, boi da cara preta pega essa criança com um tiro de escopeta
Calibre doze na cara do Brasil
Idade catorze, estado civil morto
Demorou, mais a pátria mãe gentil conseguiu realizar o ABORTO." (Gabriel, o Pensador)

Universus is offline   Reply With Quote
Gerson
Trooper
 

15-12-10, 17:04 #189
Esse treco de letra de música simplesmente não funciona.

Gerson is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
15-12-10, 18:12 #190
com o suplicy cantando no senado pelo menos gera uns momentos facepalm...

Jeep is offline   Reply With Quote
Sh3lld3r
Trooper
 

Steam ID: sh3lld3r
15-12-10, 18:18 #191
Na minha opinião o abordo deveria se praticar até o decimo ano de vida do feto.

Dependendo do desenvolvimento da criatura, se não satisfatório, a precipitaria do alto de um penhasco.


Sh3lld3r is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

16-12-10, 15:39 #192
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
Uma mulher sequer pode fazer o que quiser com o próprio corpo
Mas um feto não é parte do corpo da mulher, é um indivíduo diferente, e seria um absurdo científico afirmar o contrário.

E aí como fica?

Eon is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

16-12-10, 15:42 #193
Quote:
Postado por Sh3lld3r Mostrar Post
Na minha opinião o abordo deveria se praticar até o decimo ano de vida do feto.
Como o assunto é sério, eu gostaria de saber de fato qual é a sua opinião. A partir de quando um feto deixa de ser uma coisa e se torna uma pessoa, na sua opinião, Shelder?

Eon is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

16-12-10, 15:54 #194
Quote:
Postado por troy Mostrar Post
ao invéz de receberem conselhos de um profissional, acompanhamento psicológico e a possibilidade de um procedimento seguro
Não existe procedimento seguro para o feto, que morre 100% das vezes no aborto. Quer dizer, quase 100% das vezes...



Eon is offline   Reply With Quote
troy
Trooper
 

16-12-10, 16:17 #195
me desculpa te dizer isso eon mas o feto É parte do corpo da mãe e quando ele deixa de ser ele nasce ou morre..
científico =/= igreja
não foi deus que colocou ele na barriga da mina, não é deus que cuida, não é deus que nutre, não é deus que dá a vida, não é deus que faz nascer, etc... ISSO é um absurdo científico

VOCÊ já foi um espermatozoide + óocito, tornou-se um óvulo, que se multiplicou formando uma mórula, que se organizou formando um blastocisto, que se especializou formando um embrião e que se estruturou formando um feto.. depois disso você virou um concepto, nasceu e ficou belos meses sem entender PORRA nenhuma do que acontecia a sua volta, ficou anos pra aprender coisas idiotas e simples, e agora quer interferir na vida dos outros conservando essas crenças medievais..

eu também não sou a favor do aborto em si, mas se a pessoa acha que é o melhor pra ela, que ela foi descuidada e blablabla, desde que ela não resolva abortar semestralmente e conscientize-se da situação não tem porque torná-la uma criminosa e sujeitá-la a uma situação ainda pior

se você se preocupa TANTO assim com os indivíduos do mundo e seu futuro, OLHE PARA O LADO e veja que tem vários que nasceram HÁ MUITO TEMPO e que estão sofrendo jogados pelos cantos

troy is offline   Reply With Quote
troy
Trooper
 

16-12-10, 16:21 #196
todo dia eu mato milhões de potenciais filhos meus..
pra virar uma pessoa faltam exatos 23 cromossomos e 9 meses
 

troy is offline   Reply With Quote
Vassourada
Cada vez mais ridículos
 

16-12-10, 16:29 #197
Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Mas um feto não é parte do corpo da mulher, é um indivíduo diferente, e seria um absurdo científico afirmar o contrário.

E aí como fica?
Bactérias também são.

E eu sou "sobrevivente de um aborto". De dois, pra falar a verdade.
Gosto de viver? Porra adoro. Mas só estando vivo que eu posso adorar. Quando eu era um feto, era indiferente. Assim como é pros bilhões de espermatozóides e óvulos que morrem a cada segundo no mundo.

Mas não é indiferente pros milhões (bilhões?) de pessoas que são prejudicadas pelos atrasos nas pesquisas de células tronco. Essas pessoas estão vivas. E o melhor que podemos fazer para quem está vivo e consciente (sorry parentes de pessoas em estado vegetativo - eu também fui um) é assegurar uma vida digna e com possibilidade do próprio indivíduo dar o rumo que bem entender.

Parem de querer fazer leis que prejudiquem as pessoas por serem homossexuais, parem de querer fazer leis que prejudiquem as pessoas por causa de apanhados de células, parem de fazer leis que prejudiquem as pessoas por achar que transgênicos são malvados.

Sigam seus caminhos e sofram/sejam beneficiados com as consequências de suas escolhas. Ou de eventos aleatórios. Mas parem de querer criar barreiras para que as pessoas exerçam suas liberdades individuais.

Se você quer viver em uma sociedade medieval sob um código moral baseado em um povo que cagava onde comia, divirta-se. Mas não tente obrigar os outros a viverem como você.

Vassourada is offline   Reply With Quote
Conrado
Trooper
 

Gamertag: Conrado88 PSN ID: Conrado888
16-12-10, 16:56 #198
Não adianta discutir com o Eon porque a opinião dele não é dele. Ele simplesmente vestiu a persona do católico ortodoxo conservador que paga de bem informado pra tentar justificar o fato de possuir um pensamento de 5 séculos atrás.

Ele apresenta argumentos padronizados, é o típico católico internauta. Provavelmente deve também assistir os videos do Olavo de Carvalho forever alone chiliquenta e achar que ele é o maior filósofo (RISOS) do mundo.

Desistam, é tempo perdido.

Conrado is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

16-12-10, 16:59 #199
Quote:
Postado por troy Mostrar Post
o feto É parte do corpo da mãe e quando ele deixa de ser ele nasce ou morre..
Desafio você a encontrar um único médico de concorde com a sua afirmação. O que você falou é um absurdo científico sem tamanho e vai contra todo o que sabemos sabe sobre desenvolvimento fetal.

Um feto possue carga cromossômica diferente da mãe, e possue até mesmo sistema circulatório próprio, muitas vezes com tipo sanguíneo distinto (e até mesmo incompatível) com o da mãe. É anatômicamente um corpo distinto que pode ser observado desde os primeiros estágios de seu desenvolvimento. Não se compara a qualquer outra parte do corpo da gestante pois não possui função fisiológica outra a não ser tornar-se um indivíduo plenamente formado após os 9 meses de gestação. De fato quando uma gestante morre antes de dar a luz o conselho federal de medicina obriga a emissão de óbito para DUAS PESSOAS, a mãe e a criança, caso a família deseje realizar o sepultamento da mesma. Sendo que quando uma mulher morre subitamente é OBRIGATÓRIO que o médico informe a família de que a paciente esperava por um bebê, se esse for o caso.

Sim Troy, ciência é diferente de religião. Só que você deveria voltar para o segundo grau e rever sua "ciência"... e quem sabe a sua religião também.

Quote:
Postado por troy Mostrar Post
se você se preocupa TANTO assim com os indivíduos do mundo e seu futuro, OLHE PARA O LADO e veja que tem vários que nasceram HÁ MUITO TEMPO e que estão sofrendo jogados pelos cantos
E a sua solução para essas pessoas é matá-las em vez de cuidar delas? Explique melhor essa sua visão humanista, porque aqui de onde estou você está soando claramente nazista e eugênico.


Last edited by Eon; 16-12-10 at 17:07..
Eon is offline   Reply With Quote
Zedd
Trooper
 

16-12-10, 17:01 #200
Eu curto discutir com o Eon várias vezes, apesar de não ver possibilidade do meu ponto de vista ser aceito, do jeito que ele expõe as coisas eu (pelo menos acho) que fico mais perto de entender o porque ele acha o que acha, e só isso já é importante (posso achar besteira as vezes)

[início do comentário]
Sobre esse comentário acima, em que ponto aquele amontoadinho de células passa a ser considerado mais que um apêndice do corpo da mãe? O limite não existe, é uma pessoa desde o momento da concepção? Então temos que considerar que qualquer gota de semen é sagrada (na verdade a bíblia diz isso, mas pelo menos essa parte superamos, certo?) porque o unico objetivo do esperma é (se juntar ao ovulo e) não possui função fisiológica outra a não ser tornar-se um indivíduo plenamente formado após os 9 meses de gestação. O mesmo pro óvulo. Cada vez que uma mulher menstrua, está matando alguém.

Agora... se o ponto de limite EXISTE, então EXISTE um ponto até o qual deveria ser permitido o aborto. Se não, porque não? [fim do comentário]

Não que eu vá concordar, de qualquer jeito, mas é que a gente tem o sentimento natural de que quem discorda da gente sabe menos, e isso não é lá bem justo. Então tem que se esforçar pra tentar entender os outros em qqr situação. É um pouco mais difícil quando a opinião tem parte do embasamento no pensamento religioso da pessoa (que tu não compartilha), mas fazer o que?

Se a vida fosse fácil eu seria chefe do mundo

Zedd is offline   Reply With Quote
Zedd
Trooper
 

16-12-10, 17:12 #201
Quote:
Postado por Eon
E a sua solução para essas pessoas é matá-las em vez de cuidar delas? Explique melhor essa sua visão humanista, porque aqui de onde estou você está soando claramente nazista e eugênico.
http://en.wikipedia.org/wiki/Godwin's_law
"As an online discussion grows longer, the probability of a comparison involving Nazis or Hitler approaches 1."

Zedd is offline   Reply With Quote
troy
Trooper
 

16-12-10, 17:13 #202
você só leu isso do post todo? huahua ok! me conscientizei da sua causa, vamos, pegue sua tocha!!!!! o/

 


para o seu edit: eu falei em matar alguém??????? INTERPRETAÇÃO DE TEXTO FAIL e eu tenho que voltar pra escola? uhahuahua
deixa eu explicar direitinho pra você entender.. se você fala tanto da proteção do indivíduo que vai nascer e etc e tal, tem vários indivíduos que já nasceram e que estão por ai sofrendo precisando de ajuda... porque você não vai ajudar quem já está ai ao invéz de atrapalhar a vida dos outros..

troy is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

16-12-10, 17:29 #203
Quote:
Postado por Zedd Mostrar Post
Então temos que considerar que qualquer gota de semen é sagrada...
...Cada vez que uma mulher menstrua, está matando alguém.
Zedd você é um cara inteligente e sabe perfeitamente que um gameta possui 23 cromossomos e não pode ser comparado de forma alguma a um indivíduo em plena formação ainda que esteja no princípio do seu desenvolvimento, do ponto de vista estritamente biológico.

Então vamos fazer o seguinte, encontre um exemplo de pessoa que seja composta por 23 cromossomos como os gametas e eu concordarei com você que matar um gameta feminino ou masculino equivale a matar uma pessoa.

Quote:
Postado por Zedd Mostrar Post
É um pouco mais difícil quando a opinião tem parte do embasamento no pensamento religioso da pessoa
Porém eu já falei que abro mão de todos os meus argumentos religiosos sobre o assunto "aborto" contanto que as demais pessoas abandonem seus argumentos pseudo-científicos, tais como:

- O feto faz parte do corpo da mãe (absurdo biológico, o feto é um corpo distinto da mãe e nenhum médico ou biólogo em sã consciência afirmaria o contrário)
- O feto não é humano (absurdo biológico, basta uma análise de DNA para resolver essa questão)
- O aborto envolve apenas o direito pessoal da gestante (absurdo jurídico, pois o aborto envolve o direito do pai, da sociedade e até mesmo do próprio feto, o que só é disciplinado em termos de regulamentos que variam de país para país, mas nenhum sistema jurídico ignora esse fato)

A diferença é que sem meus argumentos religiosos eu ainda tenho ótimos argumentos científicos, morais e legais, enquanto a maioria dos pró-aborto, sem seus argumentos pseudo-científicos, não tem absolutamente NADA.

Quote:
Postado por Zedd Mostrar Post
"As an online discussion grows longer, the probability of a comparison involving Nazis or Hitler approaches 1."
Talvez porque idéias nazistas realmente sejam mais populares do que as pessoas imaginam, especialmente quando o assunto involve direitos humanos, igualdade entre indivíduos, e até mesmo o direito de viver com base em critérios biológicos/socioeconômicos.

Todos os que apoiavam o nazismo se beneficiavam do nazismo. Todos os que apoiam o aborto se beneficiam do aborto. É assim que opressão funciona, os benefícios de um grupo limitando os direitos de uma minoria indefesa, até mesmo o direito a vida.


Last edited by Eon; 16-12-10 at 17:38..
Eon is offline   Reply With Quote
Zedd
Trooper
 

16-12-10, 17:35 #204
Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Zedd você é um cara inteligente e sabe perfeitamente que um gameta possui 23 cromossomos e não pode ser comparado de forma alguma a um indivíduo em plena formação ainda que esteja no princípio do seu desenvolvimento, do ponto de vista estritamente biológico.

Então vamos fazer o seguinte, encontre um exemplo de pessoa que seja composta por 23 cromossomos como os gametas e eu concordarei com você que matar um gameta feminino ou masculino equivale a matar uma pessoa.


Porém eu já falei que abro mão de todos os meus argumentos religiosos sobre o assunto "aborto" contanto que as demais pessoas abandonem seus argumentos pseudo-científicos, tais como:

- O feto faz parte do corpo da mãe (absurdo biológico, o feto é um corpo distinto da mãe e nenhum médico ou biólogo em sã consciência afirmaria o contrário)
- O feto não é humano (absurdo biológico, basta uma análise de DNA para resolver essa questão)
- O aborto envolve apenas o direito pessoal da gestante (absurdo jurídico, pois o aborto envolve o direito do pai, da sociedade e até mesmo do próprio feto, o que só é disciplinado em termos de regulamentos que variam de país para país, mas nenhum sistema jurídico ignora esse fato)

A diferença é que sem meus argumentos religiosos eu ainda tenho ótimos argumentos científicos, morais e legais, enquanto a maioria dos pró-aborto, sem seus argumentos pseudo-científicos, não tem absolutamente NADA.
Sim, eu exagerei, mas você também sabe que toda a consciência e sentimentos de uma pessoa dependem de um sistema nervoso, coisa que um feto em estágio inicial não tem... e ainda os considera mais "pessoa" que um óvulo. Se não tem a capacidade de saber que existe, não pode sentir dor (ou qualquer outra coisa), que diferença fazem uns cromossomos na composição celular?
Entende o ponto de vista?

A única diferença seria dizer que um feto já 'contém toda a informação necessária para gerar uma pessoa', enquanto que um óvulo só meia. Mas isso não faz muito sentido quando se pensa no nível de isomorfismo que existe entre um óvulo fecundado e uma pessoa, porque a dependencia ao contexto é tanta que a maior parte da "informação" (isto é, do que constitui uma pessoa) vem nao da 'fonte', mas do processo de extração (contexto biológico).

ESSE ponto em específico vai ser SEMPRE questão de opinião, salvo avanços absurdos científicos que permitam responder umas perguntas que não se entende completamente ainda

Agora, o qeu NAO DA PRA NAO DISCUTIR é que as pessoas que acham que não tem problema deveriam poder fazer abortos (em casos controlados ou não, isso é outra história) só porque tem gente que acha que tem problema - por questão religiosa. Veja que o "religiosa" aí é GRANDE PARTE do problema. O Estado é laico.

Zedd is offline   Reply With Quote
Sh3lld3r
Trooper
 

Steam ID: sh3lld3r
16-12-10, 17:41 #205
Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Como o assunto é sério, eu gostaria de saber de fato qual é a sua opinião. A partir de quando um feto deixa de ser uma coisa e se torna uma pessoa, na sua opinião, Shelder?
Eu acho q tem q ser o quanto mais cedo possivel, enquanto o feto é só uma massaroca de celulas. Pq abortar com 6, 7 meses é tenso. Ai sim, é assassinato, pq se tirar da barriga e botar uns tubo o bixinho vive e se desenvolve.

Mas a minha opinião anterior é seria Eon, pode soar um pouco absurda pq é uma grande novidade.

Sh3lld3r is offline   Reply With Quote
Jiraya
Trooper
 

16-12-10, 17:43 #206
TRADIÇÃO, FAMÍLIA E PROPRIEDADE!
TRADIÇÃO, FAMÍLIA E PROPRIEDADE!
TRADIÇÃO, FAMÍLIA E PROPRIEDADE!
TRADIÇÃO, FAMÍLIA E PROPRIEDADE!

SUMEMO

Jiraya is offline   Reply With Quote
Set
Trooper
 

16-12-10, 17:54 #207
Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Zedd você é um cara inteligente e sabe perfeitamente que um gameta possui 23 cromossomos e não pode ser comparado de forma alguma a um indivíduo em plena formação ainda que esteja no princípio do seu desenvolvimento, do ponto de vista estritamente biológico.
Concordo. Bem como você também não pode afirmar que a união de dois gametas, indiferentemente do estágio, caracteriza uma vida. É uma questão subjetiva.

Então, se a discussão é meramente potêncial, o argumento dos gametas não é tão absurdo assim.

Set is offline   Reply With Quote
AcquiencE
Trooper
 

16-12-10, 17:59 #208
uehaeahuhue aaaaaaaa

AcquiencE is offline   Reply With Quote
troy
Trooper
 

16-12-10, 18:01 #209
não adianta cara.. pode falar o que quiser o cara sempre surge com mais baboseira e está sempre correto..

mais uma vez nos vemos diante da conversa de loucos...
odeio isso.. =[ fui

troy is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

16-12-10, 18:14 #210
Quote:
Postado por Zedd Mostrar Post
Se não tem a capacidade de saber que existe, não pode sentir dor (ou qualquer outra coisa), que diferença fazem uns cromossomos na composição celular?
Então é permitido matar, contanto que o indivíduo não saiba que exista ou não possa sentir dor? Tem certeza que são essas duas características que definem o direito de um indivíduo de ter seus direitos garantidos? Vejamos:

- Um paciente em coma induzido, sabe que existe? Certamente não. Por não saber que existe, ele perde o direito a vida? Certamente não.
- Uma pessoa anestesiada, pode sentir dor? Certamente não. Por não sentir dor, uma pessoa anestesiada perde o direito a vida? Certamente não.
- Um bebê recém nascido, sabe que existe? Certamente não. Médicos e cientistas sabem que um bebê recém nascido não tem condições sequer de diferenciar entre si mesmo e o resto do mundo ao seu redor. Por não saber que existe, um bebê recém nascido perde seu direito a vida? Certamente não.

Então a questão na verdade é que eu discordo completamente que a capacidade de sentir dor ou provar auto-consciência sejam bons critérios para definir se um indivíduo tem direito a viver ou não. Além de incompletos, esbarram em questões práticas que a ciência não tem como solucionar. A prova da auto-consciência é o maior exemplo. Se alguém apontar uma arma para seu filho recém nascido e disser "prove que ele é consciente ou eu atiro" pode ir começando a rezar. Se você está familiarizado com os testes de consciência que temos disponíveis (turing, espelho e delay) você sabe exatamente do que eu estou falando.

E aí, como é que fica essa questão?
Quote:
Postado por Zedd Mostrar Post
Veja que o "religiosa" aí é GRANDE PARTE do problema.
Não cara, na minha modesta opinião os dois principais problemas são ignorância científica e egoísmo. Sem essas suas coisas a questão do aborto já estaria resolvida no mundo todo: o aborto seria proibido exceto em casos de vida ou morte para a gestante.

Eon is offline   Reply With Quote
troy
Trooper
 

16-12-10, 18:22 #211
IGNORÂNCIA CIENTÍFICA E EGOÍSMO

EXATO

/closetopic

troy is offline   Reply With Quote
Zedd
Trooper
 

16-12-10, 18:27 #212
Sim, é óbvio que a ciência não vai conseguir provar, mas eu discordo que os 3 casos que voce apresentou sejam assim tão parecidos com um feto em estágio inicial. Em todos os casos ou a possibilidade de sentir dor/perceber o ambiente ainda existe ou já existiu em algum momento, e pode voltar a existir.

Para um feto em estágio inicial, nunca existiu.

Agora, eu SEI que é um critério que dificilmente será resolvido por A+B com todo mundo concordando (tem quem discorde que a seleção natural existe até hoje...), mas a questão é que, na minha opinião, e de muita gente: quem acha que não tem problema que faça e deixe os outros fazerem/não fazerem em paz.
Quem acha que tem problema que não faça e deixe os outros fazerem/não fazerem em paz.

Não tem paralelo com nenhuma outra questão humana (exceto talvez com o direito de credo), não adianta sair dizendo que 'ah, se é assim dá pra defender racismo pelo mesmo critério, se acha o racismo correto seja racista', como já vi gente fazendo, porque um caso é moralmente ambíguo e o outro bem resolvido. Aborto é certo? Talvez. Racismo é certo? Não.

Como eu disse sobre o direito de credo, dá até pra pensar em outras questões que são parecidas, mas se parar pra pensar é exatamente o "faça ou não faça e deixe fazer/não fazer" que é (teoricamente) aplicado. Teoricamente porque o credo de uns é enfiado goela abaixo dos outros em questões paralelas, como a presente.

Regra do debate: falou em alma, perdeu

Zedd is offline   Reply With Quote
corujito
Trooper
 

16-12-10, 18:30 #213
Por mim não deveria existir o crime do aborto


Penso que aborto é homicídio qualificado (sem chance de defesa) e a mulher que o praticasse deveria responder como assassina. Simples assim.

Aquela vida que está ali dentro nada tem a ver com a irresponsabilidade de quem quer que seja. Aborto em caso de estupro? Imagine se alguém chega em vc, com 20 anos e diz: descobrimos que vc é fruto de um estupro. Vamos te matar agora.

Pensem mais e falem menos merda, pls

corujito is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

16-12-10, 19:06 #214
Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Mas um feto não é parte do corpo da mulher, é um indivíduo diferente, e seria um absurdo científico afirmar o contrário.

E aí como fica?
Primeiro que não sei se seria um absurdo científico pensar diferente, como alguns já afirmaram.

Segundo que ninguém disse que abortar era fácil ou banal. Quem mais sofre é a mulher, principalmente na parte psicológica.

Mas eu sinto muito, o corpo é dela.

Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
o aborto seria proibido exceto em casos de vida ou morte para a gestante.
Por favor, explique-me detalhadamente porque você pensa assim. Porque isso realmente não posso entender.


Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Todos os que apoiam o aborto se beneficiam do aborto.
Discordo veementemente. Sou a favor dos direitos individuais, não gosto do aborto em si, mas sou contra sua proibição.

Sou a favor da eutanásia. Será que é porque estou querendo matar algum pobre velhinho conhecido meu que tem uma herança polpuda e não morre?

Também sou a favor dos direitos dos homossexuais. Faço isso porque sou bicha? Como me beneficio com o casamento permitido para gays?

Sou a favor dos direitos iguais dos negros. E aí?


O benefício de direitos de homossexuais, de negros, liberdades individuais como aborto ou eutanásia não estão diretamente ligados com algo que beneficie somente a mim ou a um grupo específico, mas são coisas que beneficiam a todos, pois não deixam de ser direitos individuais. Não é um benefício no sentido egoísta que você está falando (embora se formos ver a fundo TUDO que o ser humano faz é egoísta. Mas aí já é outro papo pra outro topic).


Você é contra aborto? Não aborte!

Ou será que isso é medo de ter a opção de fazê-lo? Porque certamente muitos dos que são contra o aborto fraquejariam na hora H. Isso é um ser covarde, que prefere não ter a opção por medo da própria liberdade.


Last edited by Baron; 16-12-10 at 19:21..
Baron is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

16-12-10, 19:40 #215
Quote:
Postado por Set Mostrar Post
Bem como você também não pode afirmar que a união de dois gametas, indiferentemente do estágio, caracteriza uma vida. É uma questão subjetiva.
Vida não é uma questão subjetiva, é uma questão científica bem conhecida. Sob um microscópio é muito fácil demonstrar que qualquer célula do seu corpo está viva, basta observar o seu metabolismo, o funcionamento de suas organelas, sua multiplicação, etc. Até mesmo um gameta contendo apenas 23 cromossomos está vivo, a rigor desses critérios. A questão não é meramente proteger a vida.

A questão é proteger a vida humana e o indivíduo em primeiro lugar.

A comparação entre gametas isolados e um feto já é absurda do ponto científico. São entes biológicos totalmente diversos, tanto do ponto de vista genético, como morfológico e funcional. Eu continuo desafiando qualquer um a apresentar a opinião de um médico ou biólogo que discorde desse ponto, porque isso não é uma opinião e sim uma constatação científica. Mas é ainda mais absurda tal comparação do ponto de vista lógico e racional.

Se você destrói uma célula do nariz, da pele, ou até mesmo um espermatozóide, o indivíduo continua. Porém ao destruir um feto o próprio indivíduo inteiro desaparece. É ai que está toda a hipocrisia dos que defendem o aborto de forma irrestrita. Se a destruição do feto não implicasse necessariamente na destruição de uma pessoa, o aborto perderia a razão de ser.

Pais que resolvem abortar sabem perfeitamente que estão destruindo um indivíduo, e é precisamente por saberem disso que recorrem ao aborto.

Eon is offline   Reply With Quote
Hobbes
Trooper
 

16-12-10, 20:15 #216
E qual o problema de se destruir o indivíduo?
Matar um indivíduo de, digamos, 35 anos de vida, com sua história, sua vivência, seus familiares, e matar um feto de 2 meses é a mesma coisa pra você?
Porque só nesse caso fica justificado chamar aborto de assassinato.

Hobbes is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

16-12-10, 20:25 #217
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
Primeiro que não sei se seria um absurdo científico pensar diferente
Se você não sabe então pergunte a quem sabe, mas não chute. Vai lá, pergunte a um médico, um biólogo ou a um pesquisador. Depois venha aqui e repita a resposta que você ouviu.

Um feto é um corpo distinto da mãe com características, materiais e funcionalidades próprias, não há pessoa sobre a face da terra que seria capaz de afirmar o contrário com base em critérios científicos.
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
Mas eu sinto muito, o corpo é dela.
- O feto não faz parte do corpo da mãe (absurdo biológico, o feto é um corpo distinto da mãe e nenhum médico ou biólogo em sã consciência afirmaria o contrário)

Você apenas reafirmou o absurdo que outros já disseram. Isso não faz com que o seu absurdo seja verdade.
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
Por favor, explique-me detalhadamente porque você pensa assim. Porque isso realmente não posso entender.
Porque a partir do momento em que reconhecemos que a vida humana deve ser protegida não há de se falar em tirar uma vida a não ser que se faça isso para salvar outra. Se a mãe morre o bebê também morre, logo caso um ameace a vida do outro, a vida da mãe tem precedência.
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
não gosto do aborto em si, mas sou contra sua proibição.
Ser a favor do aborto não é uma questão de gostar ou não gostar, é uma questão de defender o que você acha que é certo. Se você acha certo matar uma criança ainda no útero, então você não escolhe isso para seu filho e nem para o filho dos outros.

Fala Baron, o que você escolheria?
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
Você é contra aborto? Não aborte!
Só que o abortado não tem essa opção atualmente, não é mesmo?

Vamos falar em opções então. Deixem essas crianças nascerem. Ao completar 8 anos de idade, dêem a opção para essas crianças de morrer ou continuar vivendo. Vamos ver qual será a a escolha delas e ai então falaremos em opções.

Até lá vamos assumir que estamos simplesmente calando uma voz que não tem opção alguma, destruindo pessoas que nunca terão a chance de fazer qualquer tipo de opção real na vida.

Eon is offline   Reply With Quote
dos Pampas
Trooper
 

16-12-10, 20:27 #218
negocio é deixar nascer todo aleijado e estragar a vida dos pais...

ou melhor ainda, negocio é ignorar o que já fazem e continuar com a controlacao da vida alheia, querendo punir, punir e punir... por tudo, por tranzar, por engravidar, superlotar o mundo de pessoas que nao mal tem condicoes de sobreviver, fazer mais e mais filhos, obriga-los a cria-los passando fome, crescerem pançudos e ignorantes..

eu sou totalmente contra o aborto de crianças saudaveis. POREM consigo perceber que há casos e casos... nosso mundo nao é perfeito, nao somos santos, mto menos santificados, se somos obras divinas nao nos diferenciamos das outras..

somos nada alem de pessoas e essas nao cuidam de si mesmo quando estao vivos, doentes e morrendo de fome, pq vao se preocupar com os que ainda nem nasceram..

Eu nao abortaria acho.. em praticamente hipotese alguma, porem sou burro, pois deveria..

O que me enerva e MTO, é a controladoria geral da vida alheia, que atribui um pensamento DIVINO para impor suas vontades. Sendo que essas instituiçoes nao tem a minima credibilidade pra falar sobre qualquer assunto.

Quer ser religioso, pois mto bem SEJA, faça da sua vida o inferno na terra, deixe a vida dos outros em paz.

eu cometi pecado e vc nao? ok PONTOS PRA VC COM DEUS, me fodi, azar o meu vou pro inferno e o diabao ainda vai dizer. "AGORA SENTA GAROTO" e vc vai pro ceu.. quer motivo melhor pra sua fé? vc será salvo e eu nao, entao me deixe em paz com essa sua crença.

Acho um absurdo o aborto de um feto saudavel. mas e dai? vou eu julgar? LOGO EU QUE SOU CRENTE? E NAO JULGO O PROXIMO???

AH VAO SE FODEREM!!!

dos Pampas is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

16-12-10, 20:53 #219
Quote:
Postado por Hobbes Mostrar Post
Matar um indivíduo de, digamos, 35 anos de vida, com sua história, sua vivência, seus familiares
Quanta "história" é preciso para que um indivíduo tenha direito a vida? Quanta "vivência"? E quantos familiares? Quem determina que você mesmo tem história, vivência, ou idade o suficiente, segundo esses critérios estapafúrdios? Você mesmo?

Não se trata de tirar definições do chapéu que incluam você convenientemente no rol dos que merecem viver, euquanto outros são excluídos. Trata-se de reconhecer a humanidade do que é humano e garantir aos outros o direito que você reserva a você mesmo, na qualidade de igual.

Eon is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

16-12-10, 21:07 #220
Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Se você não sabe então pergunte a quem sabe, mas não chute. Vai lá, pergunte a um médico, um biólogo ou a um pesquisador. Depois venha aqui e repita a resposta que você ouviu.

Um feto é um corpo distinto da mãe com características, materiais e funcionalidades próprias, não há pessoa sobre a face da terra que seria capaz de afirmar o contrário com base em critérios científicos.

- O feto não faz parte do corpo da mãe (absurdo biológico, o feto é um corpo distinto da mãe e nenhum médico ou biólogo em sã consciência afirmaria o contrário)
Eu nunca disse que não era um corpo distinto e nem que faz parte do corpo da mãe. Mas está dentro dele, não está? Esse é um dos inúmeros fatores que devem ser levados em consideraçào.

Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Porque a partir do momento em que reconhecemos que a vida humana deve ser protegida não há de se falar em tirar uma vida a não ser que se faça isso para salvar outra. Se a mãe morre o bebê também morre, logo caso um ameace a vida do outro, a vida da mãe tem precedência.
Aí eu não entendo a sua lógica. Lá em cima você diz que a vida humana é igual para todos, mas em um determinado momento você diz que a vida da mãe vale mais que o feto. Não seria ilógico?

Então sejamos justos: o feto tem tanto direito de viver como a mãe, então se a vida da mãe está em risco o que fazer? Deixa a roleta girar!

Se a mãe morrer, morreu, se o feto morrer, morreu, sem ambos morrerem, fazer o quê? Se ambos viverem! Ótimo.

De acordo com seu raciocínio lógico é assim que deveria ser. Não abortar sob NENHUMA circunstância, já que a vida de um ser vivo não deveria ter privilégios sobre a vida de outro. Não?

Esse é um dos riscos de se ter filhos, certo? Todo mundo sabe tais riscos existem, por que penalizar o feto?


Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Ser a favor do aborto não é uma questão de gostar ou não gostar, é uma questão de defender o que você acha que é certo. Se você acha certo matar uma criança ainda no útero, então você não escolhe isso para seu filho e nem para o filho dos outros.

Fala Baron, o que você escolheria?
Do filho dos outros os outros cuidam. Por que você acha que a sua ideia do assunto é a mais indicada para todos? Encontraste a verdade universal?

A minha opinião sobre o ato de abortar é a mesma da sua, a diferença é que eu não a considero "a verdadeira", portanto prefiro dar a liberdade para os indivíduos escolherem. E ainda reconheço que o que é melhor para mim não necessariamente será para outrém.

Eu não assumo o aborto ou qualquer outra coisa como certa ou errada. Só não gostaria que uma mulher minha fizesse. Seria contra o ato.

Sim, eu escolheria não abortar, mas se o meu vizinho quiser fazer isso tem o meu total apoio em sua LIBERDADE DE ESCOLHA.

Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Só que o abortado não tem essa opção atualmente, não é mesmo?

Vamos falar em opções então. Deixem essas crianças nascerem. Ao completar 8 anos de idade, dêem a opção para essas crianças de morrer ou continuar vivendo. Vamos ver qual será a a escolha delas e ai então falaremos em opções.

Até lá vamos assumir que estamos simplesmente calando uma voz que não tem opção alguma, destruindo pessoas que nunca terão a chance de fazer qualquer tipo de opção real na vida.
É isso mesmo, o abortado infelizmente não tem escolha. Mas por que privar da escolha também os pais? Dois sem escolhas não faz com que apenas um sem escolha seja uma decisão melhor. Especialmente se essa dupla falta de escolha está destruindo uma coisa chamada liberdade individual.

Agora, por que matar a criança de 8 anos? Ninguém aqui defende a ideia de assassinato.

Eu entendo seu ponto: "mas matar um feto de 2 meses ou uma criança de 8 anos é a mesma coisa!". Pois eu discordo. E é por isso que sou a favor da liberdade de se abortar o feto e contra se "abortar" uma criança de 8 anos.


Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Trata-se de reconhecer a humanidade do que é humano e garantir aos outros o direito que você reserva a você mesmo, na qualidade de igual.
A questão está no que você considera "igualdade". Será que tal igualdade existe? É lógica e natural? (Estas foram de fato perguntas retóricas, não estou respondendo afirmativamente nem negativamente)

E se você realmente considera a igualdade total, então volto no ponto de JAMAIS, em qualquer hipótese se abortar. Mesmo que todo mundo morra.

Baron is offline   Reply With Quote
troy
Trooper
 

16-12-10, 21:29 #221
THIS IS NOW A VENTANIA THREAD
 

Cogumelo azul

Saí de caminhada
Pelas estradas,
Caminhando a pé
Pedindo carona
Violão na costa
Eu vim pra São Tomé

Loco, loco, locomelo
"Mutcho" loco, locomelo
Cogumelos azuis
Loco, loco, locomelo
"Mutcho" loco, locomelo
Cogumelos de Zebu

Zebu morreu, ele se f#deu, cogumelo é meu
Zebu morreu, ele se f#deu, cogumelo é nosso

Sou maluco banguelo,
de cabelo amarelo,
Gosto de cogumelos
Sou maluco magrelo,
de cabelo amarelo,
Gosto de cogumelos

Mas eu não sou daqui
Sou de outro planeta
Gosto de cogumelos
Eu não sou daqui
Sou de outro planeta
Gosto de cogumelos

Mas loco, loco, locomelo
"Mutcho" loco, locomelo
Cogumelos azuis
loco, loco, locomelo
"Mutcho" loco, locomelo
Cogumelos de Zebu

Minha vida é estrada
Eu não ligo pra nada
Só quero cantar
Flutuar no universo
Ver o mundo de perto
Ver a terra girar

E pela Rio-Bahia eu caminhei de norte a sul
Mas pela Rio-Bahia caminhando encontrei cogumelo de Zebu

Loco, loco, locomelo
"Mutcho" loco, locomelo
Cogumelos azuis
Loco, loco, locomelo
"Mutcho" loco, locomelo
Cogumelos de Zebu

Minha vida é estrada
Eu não ligo pra nada
Só quero cantar
Flutuar no universo
Ver o mundo de perto
Ver a terra girar

Mas loco, loco, locomelo
"Mutcho" loco, locomelo
Cogumelos azuis
Loco, loco, locomelo
"Mutcho" loco, locomelo
Cogumelos de Zebu

troy is offline   Reply With Quote
Eon
Trooper
 

16-12-10, 21:37 #222
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
Eu nunca disse que não era um corpo distinto e nem que faz parte do corpo da mãe. Mas está dentro dele, não está?
Eu fui bem claro em meu ponto e eu acho que você me entendeu. O feto e a mãe são corpos distintos do ponto de vista científico. Eu desafio você a encontrar um especialista sequer que afirme o contrário.
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
Aí eu não entendo a sua lógica. Lá em cima você diz que a vida humana é igual para todos, mas em um determinado momento você diz que a vida da mãe vale mais que o feto. Não seria ilógico?
Se não há como salvar o feto a menos que a mãe sobreviva, e se ao mesmo tempo a vida do feto ameaça a vida da mãe, como poderia ser ilógico salvar uma vida no lugar de não salvar nenhuma?
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
A minha opinião sobre o ato de abortar é a mesma da sua.
Não, não é. Você é contra o aborto se a sua mulher quiser fazê-lo mas é a favor se a mulher do vizinho decidir fazer a mesma coisa. Isso significa que ou você não se importa com a vida do filho do vizinho tanto quanto a vida do seu filho, ou você apenas se importa consigo mesmo.

Eu não concordo com nenhuma das duas opções.
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
Especialmente se essa dupla falta de escolha está destruindo uma coisa chamada liberdade individual.
Você realmente acha sensato assassinar um indivíduo inocente em nome da liberdade individual de outro?
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
Eu entendo seu ponto: "mas matar um feto de 2 meses ou uma criança de 8 anos é a mesma coisa!". Pois eu discordo.
Você discorda que uma criança de 8 anos e uma 2 meses possam ser a mesma pessoa, em estágios diferentes de sua vida?

Eon is offline   Reply With Quote
rockafeller
Chief Rocka
 

16-12-10, 21:41 #223
engraçado como o Eon sempre se prontifica como DEFENSOR DOS DIREITOS DIFUSOS E COLETIVOS

rockafeller is offline   Reply With Quote
Hobbes
Trooper
 

16-12-10, 21:42 #224
Quote:
Postado por Eon Mostrar Post
Não se trata de tirar definições do chapéu que incluam você convenientemente no rol dos que merecem viver, euquanto outros são excluídos.
Mas e aí, a definição então é "ser humano"?
Só porque é um organismo com DNA humano ele tem que ser preservado, tem que ter o "direito à vida" garantido?
Cara, aborto não deve ser discutido como direito à vida, mas como controle de natalidade, tipo um anti-concepcional. Esse que é o erro, é na pergunta.
Esse negócio de "é humano, tem que ser preservado" é a mesma coisa que impede pesquisa com células-tronco.
De boa, só pra atravancar o progresso.

Hobbes is offline   Reply With Quote
dos Pampas
Trooper
 

16-12-10, 21:43 #225
Quote:
Postado por Eon Mostrar Post

Se não há como salvar o feto a menos que a mãe sobreviva, e se ao mesmo tempo a vida do feto ameaça a vida da mãe, como poderia ser ilógico salvar uma vida no lugar de não salvar nenhuma?
o problema é escolher eon.. no caso do risco de morte da mae ser quase certo e o do bebe menos certo... ai pode né. ai temos o direito de escolher né?

isso que o baron falou, nao fuja do assunto

dos Pampas is offline   Reply With Quote
Responder

Thread Tools

Regras de postagem
Você não pode criar novos tópicos
Você não pode postar
Você não pode enviar anexos
Você não pode editar seus posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Atalho para Fóruns



O formato de hora é GMT -2. horário: 19:24.


Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2018, Jelsoft Enterprises Ltd.
User Alert System provided by Advanced User Tagging (Lite) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.