Darkside  

Voltar   Darkside > Darkside > Comunidade

Responder
 
Thread Tools
Sabbath
R2D2
 

Steam ID: ssabbath
Exclamation Condenado por matar e esquartejar paciente está livre. Estudando...

17-04-10, 13:16 #1
Quote:
Condenado por matar e esquartejar paciente enfrenta hostilidade na USP
Farah Jorge Farah foi sentenciado a 13 anos de prisão, mas está livre.
G1 falou com ex-médico no campus Leste da universidade, onde estuda.


ondenado em abril de 2008, há exatamente dois anos, a 13 anos de prisão pela morte e esquartejamento da ex-paciente e amante Maria do Carmo Alves, mas beneficiado por um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-cirurgião plástico Farah Jorge Farah, de 61 anos, pode ser encontrado entre alunos de gerontologia no campus Leste da Universidade de São Paulo (USP) e também na turma de direito da Universidade Paulista (Unip), instituições onde estuda.
A convivência com os colegas de classe, no entanto, nem sempre é harmônica, já que, segundo ele, nem todo mundo entende sua presença na universidade.
saiba mais
Farah é condenado a 13 anos de prisão
Ex-cirurgião condenado por esquartejar namorada é aprovado na Fuvest

Maria do Carmo Alves foi morta, teve o corpo retalhado e colocado em pedaços no porta-malas de um carro em 24 de janeiro de 2003. Preso em 27 de janeiro, três dias após o crime, Farah foi solto em 29 de maio de 2007 e ficará em liberdade até decisão final da Justiça. Ele disse que na cadeia, 'exceto um ou outro', todos o tratavam bem.
Sem dinheiro e sem profissão, mas sorridente e simpático, Farah dá um sorriso tímido quando questionado sobre sua vida sentimental, diz que vive a maior parte do tempo solitário e enfrenta resistência de parte dos colegas universitários.
Eu tenho minhas amizades. Agora, na maior parte do tempo, fico solitário.
Farah Jorge Farah
"Eu tenho minhas amizades. Agora, na maior parte do tempo, eu fico solitário. Eu gosto de conversar com as pessoas, mas estou aqui para estudar", disse Farah ao G1 na tarde de quinta-feira (15) ao deixar o campus Leste da USP.
Uma estudante do campus que pediu ao G1 para não ser identificada disse que Farah enfrenta resistência dos colegas e quase nunca é convidado para as rodas. Ela contou que certa vez, na fila do bandejão, fizeram piada sobre picadinho de carne para alfinetar o ex-cirurgião.
Farah disse que nunca ouviu a insinuação. "Não sei se é hostilidade ou se são brincadeiras para chamar atenção do Farah. Não sei se foram para alfinetar. Essa (piada sobre picadinho) ainda não saiu. Talvez tenha saído em rodas pequenas, fechadas. Peço a Deus que neste momento tape meus ouvidos porque eu já sofri tanto. Sofro sempre, todos os dias."
Na quinta-feira (15) , ao deixar a sala de aula, Farah conversava com a coordenadora da turma de gerontologia, Valéria Lima Lins, de 18 anos. Ela disse que o ex-médico é bem aceito, pelo menos pelos colegas de turma.
"O Farah entrou na sala, todo mundo aceitou bem ele. Até colocaram ele em alguns grupos de estudo. Todo mundo fala com ele. O passado dele não tem nada a ver com o presente", afirmou. Mas Valéria mesmo disse que no campus alguns alunos olham para o ex-médico com "cara torta".
Farah afirmou que também é alvo de hostilidades de seus colegas de direito na Unip. "Tem gente que nunca conversa comigo, não vai com a minha cara e não admite que eu faça faculdade", disse Farah. "Infelizmente as pessoas sobem em um pedestal", afirmou. O ex-médico disse que compreende a dificuldade das pessoas em aceitá-lo.
"Acredito que a verdade ainda vai transparecer. Isso vai depender de vocês (imprensa), conforme vocês me mostrarem. Eu não justifico nada. Não justifico nem matar uma barata hoje em dia. Não estou querendo comparar pessoas com baratas. Só quero que as pessoas entendam como estava minha cabeça na época das perseguições e das ameaças."
O ex-médico, que teve o registro cassado, viaja no trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) entre sua casa e o campus USP Leste. "Eu vou falar uma gíria. Eu passo o chapéu na família toda semana. Não está muito fácil. Perdi CRM, perdi um monte de coisas e agora estou aqui."
fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/notici...de-na-usp.html

E aí? E você? Seria irônico? Piadista? Trataria mal? O que faria?

Eu realmente ainda não consegui resolver o assunto na minha cabeça...

Que ele não apresenta "ameaça" para mim, isso é certo, mas dar liberdade?! :O WTF?!





Sabbath is offline   Reply With Quote
snake
Trooper
 

17-04-10, 13:25 #2
"Ela contou que certa vez, na fila do bandejão, fizeram piada sobre picadinho de carne para alfinetar o ex-cirurgião."

HUE

snake is offline   Reply With Quote
percezione
Trooper
 

Steam ID: brunorei
17-04-10, 13:29 #3
cara, pra mim, eu cago e ando...

essa historia tem 2 lados:

1- a familia do farah, que torçe e da força pra ele tomar um novo rumo na vida

2- a familia da vitima, que tem de conviver com o fato q o assassino/torturador de sua ente querida está a solta por ai curtindo a vida fazendo facu.

de q lado vc queria estar?

percezione is offline   Reply With Quote
marconds
PHD em Dota 2
 

17-04-10, 13:37 #4
com certeza não do lado do cara.
principalmente em uma casa vazia...

marconds is offline   Reply With Quote
Putzolino
Trooper
 

Steam ID: Putzo
17-04-10, 13:47 #5
Caracas, que situação. Se eu fosse aluno, tentaria ser indiferente sem me aproximar. Sei lá, o crime e tudo que ocorreu após devem ter afetado a cabeça do véio ainda mais. Ele deve estar mais LOUCO do que antes.

Eu teria MEDO.

p.s.: eu vi as fotos da vítima no necrotério

Putzolino is offline   Reply With Quote
Patua
Trooper
 

PSN ID: fsgarbi-br Steam ID: Patua
17-04-10, 14:48 #6
eu trataria mal.. mesmo sabendo q eu nao teria o direito para isso...
fazer o q?

Patua is offline   Reply With Quote
SsjGohan
Trooper
 

17-04-10, 15:48 #7
Se eu tivesse lá certeza q ia perguntar a versão dele da história,
E obviamente eu iria contra quase q certeza ele teria q ser muito convincente para q eu fique do lado dele, fora isso, eu o trataria com plena hostilidade, pra mim quem mata sem um motivo muito bom ñ merece estar em sociedade.

SsjGohan is offline   Reply With Quote
Hades
Trooper
 

17-04-10, 20:24 #8
trataria normalmente

Hades is offline   Reply With Quote
rockafeller
Chief Rocka
 

17-04-10, 21:16 #9
"O Farah entrou na sala, todo mundo aceitou bem ele. Até colocaram ele em alguns grupos de estudo. Todo mundo fala com ele. O passado dele não tem nada a ver com o presente"

HUAEHAEUHAEUEHAUHAEUHUAEHUEHUAEHUAEHAEUH
UAHEUHEAUHUAEHUHAEUHEAUHEA


condenado por esquartejar namorada
condenado por esquartejar namorada
condenado por esquartejar namorada
condenado por esquartejar namorada há exatamente dois anos

rockafeller is offline   Reply With Quote
DALBEN
Trooper
 

Gamertag: GC DALBEN PSN ID: DALBEN_ XFIRE ID: DALBEN_DALBEN Steam ID: gustavocorsodalben
17-04-10, 21:50 #10
Trataria normal, quem cometeu o erro foi a justica em solta-lo.

DALBEN is offline   Reply With Quote
Oleleh
Trooper
 

17-04-10, 22:05 #11
não entendo muito essas leis do Brasil
aqui no japão isso seria muito diferente

Oleleh is offline   Reply With Quote
Hades
Trooper
 

17-04-10, 22:13 #12
Quote:
Postado por rockafeller Mostrar Post
condenado por esquartejar namorada há exatamente dois anos
sete anos.

se um bacharel graduado em direito comete um erro de interpretação e leitura, pq um mero estudante não poderia cometer um erro de julgamento, não é mesmo?


Hades is offline   Reply With Quote
rockafeller
Chief Rocka
 

17-04-10, 22:33 #13
risos
ambiguidade rox
eu disse q ele foi condenado há 2 anos, e nao q ele esquartejou há 2 anos

rockafeller is offline   Reply With Quote
Putzolino
Trooper
 

Steam ID: Putzo
17-04-10, 22:33 #14
Quote:
Postado por Oleleh Mostrar Post
não entendo muito essas leis do Brasil
aqui no japão isso seria muito diferente
E tú é obviamente um expert em direiro criminal japonês?

Putzolino is offline   Reply With Quote
ThE.EnigmA
Trooper
 

18-04-10, 00:59 #15
Não é no japão(ou china) que envia(ou enviava) o preço da bala que foi utilizada pra matar seu parente após ser julgado num crime ediondo??

ThE.EnigmA is offline   Reply With Quote
gusto
Trooper
 

Steam ID: penaporta
18-04-10, 01:06 #16
que absurdo ele estar estudando não é mesmo?
ele deveria estar por aí esquartejando mais pessoas!

gusto is offline   Reply With Quote
Oleleh
Trooper
 

18-04-10, 01:47 #17
tb n entendo muito das leis do japao
mas certamente ele n estaria andando livre por aqui
quanto ao preco da bala, eu ja ouvi falar disso tb

Oleleh is offline   Reply With Quote
StorM
Creep
 

PSN ID: sttsek Steam ID: stt2010
18-04-10, 02:07 #18
Quote:
Postado por ThE.EnigmA Mostrar Post
Não é no japão(ou china) que envia(ou enviava) o preço da bala que foi utilizada pra matar seu parente após ser julgado num crime ediondo??
É na China.

Enfim, pessoalmente, seria interessantíssimo tentar conversar com o cara pra tentar entender o que passou pela cabeça dele antes, durante e depois o cometimento do crime. Porque esse é um crime peculiar. Bem peculiar aqui no Brasil pelo menos. A grande maioria dos crimes acontecem por "necessidade". Esse é outra espécie.

Mas acho que não teria coragem. Teria medo mesmo.

StorM is offline   Reply With Quote
Stranger
Trooper
 

18-04-10, 02:08 #19
Acho que o rocka ou a suricatta que explicou essa de enviar a cobrança do preço da execução.
que eu me lembre era mentira

Stranger is offline   Reply With Quote
MdKBooM
Trooper
 

18-04-10, 03:36 #20
Quote:
Postado por Putzolino Mostrar Post
E tú é obviamente um expert em direiro criminal japonês?
Oleleh pode estar certo sim.. Ouvi falar esses dias que a orientação do direito penal japonês tem o condão simplesmente de punir, e não recuperar o criminoso para reintegrá-lo à sociedade como fazemos por aqui..

Outra diferença que eu imagino seria que se fosse japonês ele iria se matar por vergonha do que fez.. Ou sei lá, viraria mendigo pelo simples preconceito da sociedade..

MdKBooM is offline   Reply With Quote
maxcool
Banned
 

PSN ID: atcasanova
18-04-10, 03:38 #21
Quote:
Postado por Oleleh Mostrar Post
tb n entendo muito das leis do japao
mas certamente ele n estaria andando livre por aqui
quanto ao preco da bala, eu ja ouvi falar disso tb
Quote:
Postado por StorM Mostrar Post
É na China.

Enfim, pessoalmente, seria interessantíssimo tentar conversar com o cara pra tentar entender o que passou pela cabeça dele antes, durante e depois o cometimento do crime. Porque esse é um crime peculiar. Bem peculiar aqui no Brasil pelo menos. A grande maioria dos crimes acontecem por "necessidade". Esse é outra espécie.

Mas acho que não teria coragem. Teria medo mesmo.



diz a lenda que é na china, mas qdo estive na europa conheci alguns chineses e confirmei a história, é mentira.
A bala é de graça
heahehaeh

maxcool is offline   Reply With Quote
Sabbath
R2D2
 

Steam ID: ssabbath
18-04-10, 20:48 #22
Quote:
Postado por gusto Mostrar Post
que absurdo ele estar estudando não é mesmo?
ele deveria estar por aí esquartejando mais pessoas!



Ele não deveria estar preso?

Sabbath is offline   Reply With Quote
mago
Trooper
 

18-04-10, 21:34 #23
E viva a justica desse pais...
q piada... Nao faz sentido nenhum esse cara estar solto.

mago is offline   Reply With Quote
Stranger
Trooper
 

18-04-10, 21:58 #24
Quote:
Postado por Stranger Mostrar Post
Acho que o rocka ou a suricatta que explicou essa de enviar a cobrança do preço da execução.
que eu me lembre era mentira
ERRATA:
era o maxcool
:B

Stranger is offline   Reply With Quote
AcquiencE
Trooper
 

18-04-10, 22:26 #25
podia ta matando, roubando, mas não, tá estudando!!!!!!!!!
os caminhos desse país estão mudando mesmo
obrigado lula

AcquiencE is offline   Reply With Quote
Mr. Valle
Trooper
 

18-04-10, 22:32 #26
UEAHauheuhauhaueHuhaeuhe pqp!

Nunca antes na história desse país um esquartejador estudou tanto!

Po, eu ia manter distância desse louco... logo logo ele vai pra cadeia...

Mr. Valle is offline   Reply With Quote
Tchesko
Trooper
 

20-04-10, 23:45 #27
Justiça dos homens FTW!
Não tinha que estar estudando, recuperação de crime desse tipo difere em que do animal pedófilo que se matou esses dias?? É tudo doente, tem que morrer, na cadeia, no ACRE ou na putaqueopariu.
Aí da mais uns anos o cara mata de novo e vem um "Putz, erramos de novo gente, desculpa... next!"
Tomar no cu! NO CU!

Tchesko is offline   Reply With Quote
Kidonpah
Trooper
 

XFIRE ID: kidonpah Steam ID: kidonpah
21-04-10, 15:44 #28
trataria ele normal, faria amizade com uma porn girl da facul, pedia pra ela dar em cima dele, cortava o pipixinhu e os olhinhos dele colocava num pratinho ao molho madeira e fazia ele comer, do resto ele deve ser gente boa, afinal de contas ATÉ aceitaram ele num grupo de estudos né... ????????? O_o

Kidonpah is offline   Reply With Quote
dos Pampas
Trooper
 

21-04-10, 15:52 #29
esquertejaria, colocaria no porta malas, conheceria uns manos durante 3 dias na prisao e depois estudaria na Unip. Simples.

dos Pampas is offline   Reply With Quote
NewKa
Trooper
 

21-04-10, 16:34 #30
se alguém quiser ter base para julgar o cara, dá uma olhada no vídeo q tem no link..
pessoa mais bizarra..

NewKa is offline   Reply With Quote
Bombastic
The Alpha Male
 

21-04-10, 16:59 #31
quando eu entrei na facul o guilherme de padua era da minha sala

a maioria da sala nao conversava com ele, mas ele tinha algumas poucas pessoas que ficavam nos grupos com ele e etc

ele durou 2 semestres e sumiu

anyway, ele era chato pra caralho na aula, so fazia pergunta imbecil e perguntava pros professores o tempo inteiro atrapalhando o andamento da aula

ele parecia ser burro ahurheaururuueau

Bombastic is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
22-09-17, 20:02 #32
https://g1.globo.com/sao-paulo/notic...delegado.ghtml

Farah Jorge Farah ouviu 'música de terror' e se vestiu de mulher antes de morrer, diz delegado

Ex-médico foi encontrado morto em casa com cortes pelo corpo nesta sexta-feira. STJ tinha determinado sua volta à prisão pelo assassinato de paciente em 2003.

delegado Osvaldo Nico Gonçalves afirmou que o ex-médico Farah Jorge Farah preparou um "ritual" para a própria morte nesta sexta-feira (22), usando música fúnebre e vestindo roupa de mulher.

Farah, de 68 anos, foi encontrado morto em sua casa na Vila Mariana, na Zona Sul, no começo da tarde. Ele tinha sido condenado a mais de 14 anos de cadeia por matar uma paciente em 2003 e seria preso novamente após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinar, na quinta (21), a execução da pena.

"Ele colocou uma música sinistra, uma música de terror, coisa estranha, fúnebre. Ele se vestiu com roupas de mulheres, colocou seio, colocou essas coisas, e atentou contra a própria vida", conta. "Ele fez um ritual pra morte."

Polícia encontra médico Farah Jorge Farah morto em casa

Nico disse acreditar que Farah se suicidou cortando a veia femoral com dois bisturis. Havia um corte profundo na perna e grande quantidade de sangue ao lado do corpo. Uma equipe médica tentou socorrê-lo, mas Farah já havia morrido. Uma perícia seria realizada na tarde desta sexta.

"Como você sabe ele tem conhecimento médico. Eu sou leigo pra ver isso, estamos aguardando a perícia. Provavelmente ele cortou a via femoral, devido à quantidade de sangue. Ele mesmo sabia o que estava fazendo", disse o delegado.

Delegado Osvaldo Nico fala sobre a morte do ex-médico Farah Jorge Farah
O delegado conta que a polícia, que estava no local para levar Farah de volta ao presídio, bateu na porta e na janela e tentou entrar pelos fundos antes de arrombar a casa. O cenário encontrado indica que o ex-cirurgião se preparou para o suicídio.
Nico disse ainda que Farah já havia comentado com vizinhos que não iria voltar para a cadeia.

Farah foi condenado em 2014 a uma pena de reclusão em regime fechado pelo assassinato e esquartejamento de Maria do Carmo Alves, que era sua paciente e amante. Apesar disso, uma decisão de 2007 do Supremo Tribunal Federal (STF) permitiu que ele respondesse em liberdade.

Em agosto, o relator do caso, ministro Nefi Cordeiro, já havia atendido a um pedido do Ministério Público (MP) de São Paulo e votado pela imediata prisão do ex-médico Farah Jorge Farah. No entanto, houve um pedido de vista do ministro Sebastião Reis Júnior que levou a conclusão do julgamento para esta quinta-feira.

Sebastião decidiu acompanhar o voto de Nefi Cordeiro. O STJ também negou recurso da defesa de Jorge Farah que pedia anulação do último júri.

Jeep is offline   Reply With Quote
maurocool
 

PSN ID: maurocool-maurasia Steam ID: maurocool
22-09-17, 20:22 #33
Foi tarde

maurocool is offline   Reply With Quote
sibs
Trooper
 

22-09-17, 20:48 #34
q bixo doido

sibs esta conectado agora   Reply With Quote
Sh3lld3r
Trooper
 

Steam ID: sh3lld3r
22-09-17, 22:30 #35
awuhawuh noticiaram com detalhes na tv..

bizarro

Sh3lld3r is offline   Reply With Quote
Maroteiros
Ewok
 

25-09-17, 15:27 #36
Psicose versao tupiniquim

Maroteiros is offline   Reply With Quote
Blazed
Trooper
 

25-09-17, 15:50 #37
Quote:
Postado por Sh3lld3r Mostrar Post
awuhawuh noticiaram com detalhes na tv..

bizarro
com dramatização?

link

Blazed is offline   Reply With Quote
death2k
Trooper
 

Gamertag: flavinhufix Steam ID: 76561197981543846
25-09-17, 17:12 #38
"pode ser encontrado entre alunos de gerontologia no campus Leste da Universidade de São Paulo (USP) e também na turma de direito da Universidade Paulista (Unip)"

Eu parei de ler na (UNIP) kkkkkkkkkkk... o problema não é ser ex- esquartejador, e sim aluno da UNIP wtf!..

death2k is offline   Reply With Quote
Responder

Thread Tools

Regras de postagem
Você não pode criar novos tópicos
Você não pode postar
Você não pode enviar anexos
Você não pode editar seus posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Atalho para Fóruns



O formato de hora é GMT -2. horário: 21:20.


Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2018, Jelsoft Enterprises Ltd.
User Alert System provided by Advanced User Tagging (Lite) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.