Darkside  

Voltar   Darkside > Darkside > Comunidade

Responder
 
Thread Tools
Hades
Trooper
 

28-10-15, 21:14 #601
Quote:
Postado por Hobbes Mostrar Post
Então vamos deixar de discutir a crise econômica no Brasil e exclusivamente comemorar a saída de 20 milhões de pessoas da miséria.

Ou então vamos falar exclusivamente da fome na África.

Ou da guerra na Síria.

Atinge mais gente!

Que tal?

Prioridades!
- Estamos num fórum sobre economia do Brasil e só podemos escolher UM assunto?

Se sim, ÓBVIO que vamos falar da crise econômica de hoje.

- Estamos num fórum sobre alternativas de sucesso para redução de desigualdade social brasileira e só podemos escolher UM assunto?

Se sim, ÓBVIO que vamos falar da mais bem sucedida.

- Estamos num fórum sobre fome e desnutrição no mundo e só podemos escolher UM assunto?

Se sim, ÓBVIO que vamos falar da fome NA ÁFRICA.


Não vou continuar, pq a partir de agora espero que você consegue juntar B + A e formar BA, ou entender que eleger como PRIORIDADE o problema mais grave de um determinado tema é FUNDAMENTAL quando temos recursos limitados (no caso, um ÚNICO tópico de redação para tratar do assunto Violência).





Hades is offline   Reply With Quote
Hobbes
Trooper
 

29-10-15, 00:26 #602
Estamos num fórum onde o assunto é sugerido pelo título do tópico e não precisamos falar de um assunto só que você escolhe como prioridade.

Hobbes is offline   Reply With Quote
Hades
Trooper
 

30-10-15, 10:32 #603
o assunto quem escolheu foi o mec: violência.

eu elegi como prioridade os assassinatos de 60 mil brasileiros por ano, o mec elegeu a violência contra a mulher, que, no máximo, representa 8% dos assassinatos.

mas já que você pensou assim, vou mandar cartinha pro ministro sugerindo trocar a redação de tema único do Enem por um fórum com assuntos diversos na interwebz.

Hades is offline   Reply With Quote
snake
Trooper
 

30-10-15, 13:06 #604
 

snake is offline   Reply With Quote
Yakov
Trooper
 

Gamertag: kovyakov PSN ID: kvYkv Steam ID: kovyakov
30-10-15, 13:22 #605
hueheuheuehu kd os vids?

Yakov is offline   Reply With Quote
Homebrewer
Trooper
 

30-10-15, 13:30 #606
masturbação na manifestação ... afff



Homebrewer is offline   Reply With Quote
Many Kalaveraa
The real (1)
 

XFIRE ID: Mannyy Steam ID: 76561197992661279
30-10-15, 14:16 #607
wtf
parece um terreiro

Many Kalaveraa is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
30-10-15, 14:20 #608
Quote:
Postado por Hobbes Mostrar Post
Então vamos deixar de discutir a crise econômica no Brasil e exclusivamente comemorar a saída de 20 milhões de pessoas da miséria.
00:43, mas era bom ver inteiro.

Quote:
Ou então vamos falar exclusivamente da fome na África.
Ou da guerra na Síria.
Atinge mais gente!
Que tal?
Prioridades!
Mas entao, a critica é justamente em dividir o problema, vc esta usando exemplos na sua totalidade que é justamente o que queremos, a reclamacao é pegarem uma fatia bem menor do problema. Imagine assim:

-> Fome na Africa do sul

-> Mortes de soldados Drusos na Siria

Jeep is offline   Reply With Quote
maurocool
 

PSN ID: maurocool-maurasia Steam ID: maurocool
30-10-15, 14:33 #609
ué, vc esperava algo diferente disso?

maurocool is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

30-10-15, 14:40 #610
 

SigSnake is offline   Reply With Quote
maurocool
 

PSN ID: maurocool-maurasia Steam ID: maurocool
30-10-15, 14:48 #611
Quote:
Postado por Evelyn Beatrice Hall
"I do not agree with what you have to say, but I'll defend to the death your right to say it."
Dito isso, gostaria de dizer que, quando vejo essas badernistas fazendo essas merdas, torço sempre por esse tipo de reação:


maurocool is offline   Reply With Quote
Never Ping
Trooper
 

Gamertag: Willian Braga XFIRE ID: neverping Steam ID: neverping
30-10-15, 14:58 #612
Quote:
Postado por Homebrewer Mostrar Post

 

Never Ping is offline   Reply With Quote
sibs
Trooper
 

30-10-15, 16:13 #613
Video da pagina 6 postado pelo Rocka


aiai.. epic.

sibs is offline   Reply With Quote
Zigfried
Trooper
 

XFIRE ID: k00patroopa Steam ID: koopatroopa_
30-10-15, 20:01 #614
Se rolo siririca então foi daora.

Edit: Olha que delicia esse femen. Se pa eu até pagava pra ver uns protestos delas.



Last edited by Zigfried; 30-10-15 at 20:09..
Zigfried is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

31-10-15, 05:41 #615
Eu ri bagaray


Baron is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
31-10-15, 09:58 #616

Jeep is offline   Reply With Quote
Hades
Trooper
 

01-11-15, 12:36 #617
PCdoB.
Isso explica muita coisa.

Hades is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

01-11-15, 14:03 #618
Ver esse vídeo e a propaganda eleitoral do pcdob na mesma semana não foi fácil... Vou até tomar um antialérgico.

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
02-11-15, 08:50 #619
po, nao confundam, ele é do PCB, os comunas roots, PCdoB sao os revoltz que sairam.

mas no fundo, com esse pessoal do amor, as coisas se resumem a "é contra? bala". Apenas imaginem qq politico de nao-esquerda-radical falando essas coisas.


bonus (que mesa linda)

23:00

Jeep is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

03-11-15, 13:01 #620
http://br.blastingnews.com/mundo/201...-00632723.html

Não tá fácil pra gênero algum...

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
Satangos
Trooper
 

Steam ID: Satangos
03-11-15, 13:28 #621

Satangos is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

03-11-15, 14:05 #622
Hahaha bom vídeo.

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
Yakov
Trooper
 

Gamertag: kovyakov PSN ID: kvYkv Steam ID: kovyakov
03-11-15, 17:12 #624
caneta pra mulher sempre existiu. aquelas com brilho e cheirinho

Yakov is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

03-11-15, 17:50 #625
Hoje em dia tem muito mais produto pra mulher do q pra homem. E vc não vê homens reclamando disso. Mimimi Bic pra mulher...

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
serjaum
Master Chief
 

Gamertag: serjaum
03-11-15, 18:00 #626
Quote:
Postado por Homebrewer Mostrar Post
malandro....finalmente uma feminista com uma peitola de respeito
gravidade 0 pra ela

serjaum is offline   Reply With Quote
sibs
Trooper
 

03-11-15, 18:09 #627
lol a bic ta fazendo a mesma coisa que ela... puxando-saco de mulher pra ver se vende mais ou tem mais audiência.

come on now.

 


iluehioeheiheiohe

sibs is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

04-11-15, 12:40 #628

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
Blazed
Trooper
 

05-11-15, 11:13 #629

Blazed is offline   Reply With Quote
Hades
Trooper
 

05-11-15, 12:10 #630
é... por baixo se reduz em 5x o número de estupros no brasil.

será que alguma feminista vai a público dizer que o brasil é 5x menos violento com as mulheres do que elas vinham propagando?

Hades is offline   Reply With Quote
Yakov
Trooper
 

Gamertag: kovyakov PSN ID: kvYkv Steam ID: kovyakov
06-11-15, 07:48 #632
 

Yakov is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
06-11-15, 12:19 #633
http://noticias.uol.com.br/cotidiano...aria-em-mg.htm

Ué? nao vai ter um #somostodosLarissa? que curioso...

Jeep is offline   Reply With Quote
Blazed
Trooper
 

06-11-15, 12:23 #634
Não, pq ela morreu por uma causa maior, o amor gay!

Blazed is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

06-11-15, 12:31 #635
esse caso ai buga aquele cara que mede os pontos

pq gays tem mais pontos que mulheres, e ela é branca, se alguns dos gays forem afrodescentes/indigenas/sirios eles passam a ter razao

SigSnake is offline   Reply With Quote
Blazed
Trooper
 

06-11-15, 12:35 #636
um é ligeiramente moreno, menos que eu até.

na minha conta deu
5 a 1

(qse 7)

Blazed is offline   Reply With Quote
Maia
Trooper
 

Steam ID: Sorella3
06-11-15, 12:47 #637
"Mulher é morta pelo marido após destruir bonecos do Star Wars"

achei merecido

http://noticias.uol.com.br/internaci...-star-wars.htm

Maia is offline   Reply With Quote
maurocool
 

PSN ID: maurocool-maurasia Steam ID: maurocool
06-11-15, 13:04 #638
Pornpilai... bom nome

maurocool is offline   Reply With Quote
Chronos
Caldas
 

PSN ID: lschronos2 Steam ID: lschronos
06-11-15, 15:25 #639
 

plz @Jeep;

Chronos is offline   Reply With Quote
maurocool
 

PSN ID: maurocool-maurasia Steam ID: maurocool
06-11-15, 15:26 #640
hahaha po, se eh pra colcoar, coloca a cara dela

maurocool is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
06-11-15, 15:53 #641
@Chronos; :batatinha : is online

Jeep is offline   Reply With Quote
Chronos
Caldas
 

PSN ID: lschronos2 Steam ID: lschronos
06-11-15, 16:07 #642
uhahuauhhua rlzzzzzzzzzzzz

Chronos is offline   Reply With Quote
CroNicaL
Trooper
 

Steam ID: cron1cal
09-11-15, 14:17 #643
"Nós não vemos feministas pedirem pra consertar canos de esgotos nem fios elétricos caídos de poste durante uma chuva"



Last edited by CroNicaL; 09-11-15 at 14:28..
CroNicaL is offline   Reply With Quote
maurocool
 

PSN ID: maurocool-maurasia Steam ID: maurocool
09-11-15, 14:34 #644
 


é basicamente o que dizemos over and over, mas parece ter ainda mais sentido quando dito por uma mulher

maurocool is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
11-11-15, 10:22 #645
cuidado com o volume, bem no comeco (+- 00:30) da uma mega subida num efeito de musica, depois fica normal

Jeep is offline   Reply With Quote
Hades
Trooper
 

11-11-15, 12:51 #646
esses vídeo é FODA!

Hades is offline   Reply With Quote
katsumoto222
Trooper
 

13-11-15, 12:58 #647

katsumoto222 is offline   Reply With Quote
NITRO
Trooper
 

20-11-15, 21:59 #648
 

NITRO is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

21-11-15, 14:12 #649
 

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
sibs
Trooper
 

03-12-15, 00:43 #650
 


4chan lulz

sibs is offline   Reply With Quote
Hobbes
Trooper
 

03-12-15, 00:55 #651
Quote:
Postado por CroNicaL Mostrar Post
"Nós não vemos feministas pedirem pra consertar canos de sgotos nem fios elétricos caídos de poste durante uma chuva"
Você vê homens fazendo isso

Mas vê homens PEDINDO pra fazer isso?

Hobbes is offline   Reply With Quote
Hobbes
Trooper
 

03-12-15, 01:01 #652
Quote:
Postado por Hades Mostrar Post
o assunto quem escolheu foi o mec: violência.
Não tinha visto, deixei passar...

O tema foi "a persistência da violência contra a mulher no Brasil".

Mais atenção da próxima!

Hobbes is offline   Reply With Quote
sibs
Trooper
 

03-12-15, 01:09 #653
Quote:
Postado por Hobbes Mostrar Post
Você vê homens fazendo isso

Mas vê homens PEDINDO pra fazer isso?
Homens como um grupo geralmente não pedem muita coisa e quando pedem são ignorados iuoehiehe, e eles já tão fazendo pq pediriam pra fazer? É uma pergunta sem nexo.

Feminismo é um movimento miópico as fuck

Quote:
Women have always been the primary victims of war. Women lose their husbands, their fathers, their sons in combat. Women often have to flee from the only homes they have ever known. Women are often the refugees from conflict and sometimes, more frequently in today’s warfare, victims. Women are often left with the responsibility, alone, of raising the children.
Conference on domestic violence in San Salvador, El Salvador (17 November 1998). http://clinton3.nara.gov/WH/EOP/Firs.../19981117.html
um exemplo

sibs is offline   Reply With Quote
Hobbes
Trooper
 

03-12-15, 09:30 #654
Concordo... Só quis dizer que a crítica não pode ser "mulheres não pedem pra se foder" porque afinal de contas isso não deveria ser esperado de ninguém.

Hobbes is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

03-12-15, 10:40 #655
Quote:
Postado por Hobbes Mostrar Post
Você vê homens fazendo isso

Mas vê homens PEDINDO pra fazer isso?
Vejo sim. Toda vez que um deles aceita esse emprego pq precisa sustentar sua família.

Assim como a mulher deles aceitam faxinar a casa de outras pessoas pra sustentar a família. E vc não vê homens aceitando faxinar a caso dos outros praticamente.

Homens e mulheres não são iguais. Ai mel dels, fim do mundo...

( não estou TE atacando, só a idéia de alguns de q tem q ser igualdade de resultado e não igualdade de oportunidades )

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
Fura Olho
wat
 

XFIRE ID: EmB_FuraOlho Steam ID: gustavomartino
03-12-15, 10:54 #656
Quote:
por Lya Luft

No começo diziam que eu escrevia mais para mulheres (o que é bobagem) e que minhas personagens femininas são mais fortes do que os homens (idem). Rótulos são imprecisos e empobrecedores, mas o que se há de fazer.

Depois de Rio do Meio, de 1976, passaram a dizer que eu defendia demais os homens. Na verdade nunca defendi nem me pediram que fizesse isso. Eu apenas devo ter do masculino uma visão mais positiva do que, parece, boa parte das mulheres. Tive um pai amigo, que desde criança me ensinou a cuidar da minha dignidade, e dois companheiros que me respeitaram como ser humano, empurrando-me para a frente e para cima.

No Rio, escrevi entre outras coisas que também os homens sofrem de solidão - na medida da solidão (ou da infantilidade) de suas mulheres; que também querem ser amados, ouvidos, olhados, não só criticados e cobrados.

Em palestras afirmo (para horror de muitas) que nós, mulheres, também sabemos ser muito chatas. Insatisfeitas, cobradoras, ásperas ou lamuriosas, frívolas e agitadas: nem sempre companheiras, poucas vezes cúmplices.

Está certo que andamos sobrecarregadas nesses tempos modernos, vacilando entre competência e beleza (ah, os modelos absurdos e impossíveis que permitimos que nos implantem nas belas cabeças...), correndo entre filhos e patrão, cartão de crédito ou momentinho de ócio escutando aquela música ou vendo aquele vídeo no sofá da sala em plena tarde. Sem que ninguém nos chame com aquela voz grossa e fatigada: Ô, mãããe. Sem o fantasma de mãe, tias ou avós, de mão na cintura, na soleira da porta da nossa culpa ancestral nos criticando: "Mas como! A essa hora aí atirada sem fazer nada?"

Repito que sabemos ser chatas, implicantes, desassossegadas, indiscretas e críticas. E deixamos sozinho o nosso homem, que bem ou mal é o que está do nosso lado. Pois, se for ruim demais, por que ainda estamos com ele? Filho pequeno não é desculpa para alguma grave omissão quanto à vida pessoal ou carreira: mãe sombria ou patética não ajuda filho nenhum a crescer com esperança e otimismo, necessários para não se tornar um revoltado ou apático monstrinho.

Um amigo meu, tendo sido muito rico, estava falido, e sua dor maior era ter de participar à mulher que ela não podia mais assinar um chequezinho: todos sem fundos.

Depois desse desabafo dele, pensei no que teria sido sua vida a dois, ela tratada como mais uma criança em casa, ignorando a trajetória, possivelmente as vitórias e derrotas, medos e solidão do seu marido.

Não são só as mulheres que precisam falar e ser ouvidas: na sua linguagem e no seu ritmo, que não são os nossos, se pudessem abrir o coração (o que raramente fazem) muitos homens se queixariam de que ninguém os escuta em casa. A mulher grudada nos filhos ou na televisão, no telefone com a amiga; os filhos na rua, ou fechados no quarto; e com os amigos do bar ou do escritório, os homens falam de futebol, mulher, carro, raramente de si mesmos e de sua humanidade.

Assim inventei há pouco tempo o que seria um lamento dos homens desejando que a mulher, amante ou namorada os acolhesse melhor:

Que quando chego do trabalho ela largue por um instante o que estiver fazendo - filho, panela ou computador - e venha me dar um beijo como os de antigamente. Que, mesmo com o passar do tempo, os trabalhos, os sofrimentos e o peso do cotidiano, ela não perca o jeito que me encantou quando a vi pela primeira vez. Que se estou cansado demais para fazer amor ela não ironize nem diga que "até que durou muito" o meu desejo ou potência. Que quando quero fazer amor ela não se recuse demasiadas vezes nem fique impaciente ou rígida, mas cálida como foi anos atrás. Que ela não me humilhe porque estou ficando calvo ou barrigudo nem comente nossa intimidade com as amigas, como tantas mulheres fazem. Que jamais se permita comentar diante de outros, nem de brincadeira, seja positiva ou negativa, o meu desempenho sexual.

Que não tire nosso bebê dos meus braços dizendo que homem não tem jeito pra isso ou que não sei segurar a cabecinha dele, mas me ensine o que eu não souber. Que ela nunca se interponha entre mim e as crianças, mas sirva de ponte entre nós quando me distancio ou distraio demais. Que quando preciso ficar um pouco quieto ela não insista o tempo todo para que eu fale ou a escute, como se silêncio fosse sinal de falta de amor. Que quando estou com pouco dinheiro ela não me acuse de ter desperdiçado com bobagens em lugar de prover para minha família. Que quando estou trabalhando ela não telefone a toda hora para cobrar alguma coisa que esqueci de fazer ou não tive tempo. Que não se insinue com minha secretária ou colega para descobrir se tenho uma amante.

Que com ela eu também possa ter momentos de fraqueza, de ternura, me desarmar, me desnudar de alma, sem medo de ser criticado ou censurado: que ela seja minha parceira, não minha dependente nem meu juiz. Que cuide um pouco de mim como minha parceira, mas não como se eu fosse um filho desastrado e ela a mãe onipotente; que não me transforme em filho.

E que, se erro, falho, esqueço, me distancio, me fecho demais ou a machuco consciente ou inconscientemente, ela saiba me chamar de volta com aquela ternura que só nela eu descobri e desejei que não se perdesse nunca, mas me contagiasse e me tornasse mais feliz, menos solitário e muito mais humano.

Essa brincadeira séria me valeu protestos de algumas mulheres, aplausos de outras e abraços de muitos de meus amigos homens. Alguém (um homem) me escreveu dizendo que suspeitava de que o texto tivesse sido escrito pelo meu "maridão". Respondi ao e-mail com outro informando que só se fosse em sessão espírita, pois há muitos anos eu já enviuvara pela segunda vez. E se eu dissesse que o pai de meus filhos, ilustre gramático e lingüista, jamais escrevera uma linha de meus tantos livros, essa pessoa não acreditaria também.

De modo que, sim, eu acho que não somos santas nem temos obrigação de ser, mas bem que aqui e ali valeria a pena parar, olhar, escutar; dentro de si, e ao lado, onde está aquele com quem afinal partilhamos a vida.

Temos escutado o que ele diz ou o que nos diz seu silêncio? Temos ainda lembrado de agradar, elogiar, sorrir, fazer carinho ou estamos demais ocupadas botando Botox na cara e passando horas na academia com medo de que o tempo nos devore o que sobrou da nossa alma?

Ainda pensamos nele, nas suas necessidades, emoções, desejo, frustrações, medo e fraquezas, como quando éramos namorados - ou estamos demais distraídas com as amigas, o bingo, o carteado, a butique, o mais recente mexerico sobre artistas de televisão ou sobre a vizinha? Não sei. Receio que responder seja tão duro quanto perguntar.

Não acho que a gente deva ser boazinha, gueixa submissa ou serviçal ressentida, menininha de voz fina gingando em saltos altíssimos pela casa ou arrastando-se às 4 da tarde de robe e pantufas com cara de cachorro (vi numa vitrine umas com orelhas!).

Importante seria não deixar que a poeira da banalidade abafasse o que havia entre a gente de encantamento e magia, ainda que o namorado agora seja um marido mais barrigudo, e menos cabeludo, de óculos, que chega em casa cansado demais pra reparar no quanto estamos bonitas ou exaustas demais.

O bom seria que continuássemos amantes, sendo também amigos. Pois amor é amizade com sensualidade: se não gosto do outro com seus defeitos e qualidades, manias e até pequenas loucuras, como foi que o escolhi para viver comigo numa casa, na mesma mesa, cama e talvez todo o tempo de minha existência?

Acho que, sim, somos demasiadas vezes chatas, cobradoras, secas, lamurientas, infantis e de um egoísmo retumbante. Embora gostemos de nos apresentar como incompreendidas ou maltratadas, merecedoras de todas as compensações imagináveis, é bom ponderar que a mulher-vítima e a mãe-mártir inspiram culpa e aflição e perturbam toda uma família.

Melhor ser natural. Melhor ser generosa com limites, sem se deixar explorar; melhor ser bem-humorada, porque alegria é muitas vezes a última esperança de um velho amor. Melhor ainda, melhor mesmo, é abraçar, fazer aquele carinho, olhar fundo no olho, e dizer alguma palavra antiga, esquecida nas correrias cotidianas. O coração se renova com a mesma fagulha que, há dois anos ou 20 ou até mais, fazia cada encontro uma emoção, e a gente sentia que ali, sim, estava o que mais queríamos na vida. Resta saber o que fizemos com aquela relação e como temos afinal lidado com esse homem que foi o objeto máximo de nosso desejo e sonho.

O mea-culpa feminino

Eu implico - "Toda mulher é meio cricri, quer sempre as coisas do jeito dela, embora os homens também não ajudem. No começo, quase transformei nossa vida num inferno. Meu marido é superbagunceiro, eu arrumava, ele desarrumava, eu brigava. Com o tempo, vi que, se fosse implicar com tudo, viveríamos em guerra. Então relaxei um pouco. De tanto ser infernizado, ele também melhorou. Encontramos um ponto de equilíbrio... mas que desequilibra até hoje nos meus cinco dias mensais de TPM. Fico insuportável, invoco com tudo. Mas ele acaba dando risada, porque sabe que é uma fúria passageira."
Renata de Paiva, 32 anos, advogada, casada há quatro anos com Ricardo de Paiva, 46 anos, engenheiro

Eu fico emburrada - "Quando eu fico mal e digo que não tenho nada, meu marido sai do sério. Rogério sempre argumenta que é melhor eu falar, que conversando a gente se entende. Mas mulher tem mania de querer que o homem adivinhe seus sentimentos. Recentemente levei a maior dura. Ele pegou um projeto profissional grande e passava a noite em frente ao micro. Achei que ser trocada pelo computador era demais. Toda hora o chamava para me ajudar, inventando desculpas para ficarmos juntos. Até que ele estourou: 'Estou precisando de um tempo para mim, será que dá para respeitar?' Foi um chacoalhão absolutamente merecido. Parei na mesma hora."
Jovelina Nascimento Martins Salcedo, 32 anos, supervisora de vendas, casada há nove anos com Rogério Salcedo, 32 anos, bancário.

Eu falo demais - "Admito que extrapolo! Às vezes ele quer dormir e eu estou lá, puxando assunto. Se percebo que cochilou, cutuco: 'Você não vai me deixar falando com as paredes, vai?' Outro problema: faço um inventário de todas as nossas brigas anteriores cada vez que iniciamos uma nova discussão. Sou de Escorpião, sabe? Não perdôo facilmente. Fico remoendo as coisas e, quando o sangue ferve, coloco tudo para fora. Meu marido ouve quieto, mas percebo que se ressente. Por causa disso, nosso casamento quase acabou há dois anos. Hoje faço um esforço danado para pensar antes de falar. Não é nada fácil."
Sandra Alves de Souza, 45 anos, casada com Antonio Zani, 50 anos, representante comercial
a benção Ayn Rand e Lya Luft

Fura Olho is offline   Reply With Quote
Maia
Trooper
 

Steam ID: Sorella3
03-12-15, 11:23 #657
"sou de escorpião, sabe?"

comentários assim me dão náuseas

Maia is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

03-12-15, 11:32 #658
Quote:
Postado por Maia Mostrar Post
"sou de escorpião, sabe?"

comentários assim me dão náuseas
Tipica de áries!

SigSnake is offline   Reply With Quote
Maia
Trooper
 

Steam ID: Sorella3
03-12-15, 11:36 #659
Quote:
Postado por SigSnake Mostrar Post
Tipica de áries!


fui pega no pulo!

Maia is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

03-12-15, 16:50 #660
É falta de pica sim. LULZ

ENTREVISTA – Sara Winter, feminista e fundadora do Femen

Tive o grande prazer de entrevistar a feminista Sara Winder, fundadora da célula brasileira do grupo Femen e que há poucos meses declarou ter constituído uma família e abraçado uma fé religiosa. Sara é um dos raros exemplos vivos de coragem e determinação E seu gesto precisa ser reconhecido, a fim de que sirva de exemplo e estimule outras ativistas a seguirem pelo mesmo caminho, afastando o mal do extremismo irracional


Conselho da Sarinha:

Se você pudesse dar um conselho às atuais ativistas feministas, qual seria?

Vão todas para um bom psiquiatra ou psicólogo! Não, não estou chamando de loucas. Mas é muito óbvio que a maioria das feministas tem problemas sérios com ódio, inveja e violência, e a melhor maneira de tratar isso é com tratamento psicológico, assim, como eu faço para tratar a minha misandria.
Outro conselho é: quando uma mulher que não entende nada sobre feminismo se interessar, não a humilhe por não saber corretamente das coisas, não a persiga, não a ofenda, e sim tenha paciência. Caso ela não concorde 100% com as pautas feministas, façam o acolhimento, ela também sofre machismo, ela pode ser violentada, bem como desenvolvam empatia com as mulheres religiosas, parem de perder tempo brigando com homens na internet e façam trabalhos voluntários para mulheres que sofreram violência.

http://www.institutoliberal.org.br/b...dora-do-femen/

Baron is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

03-12-15, 17:25 #661
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
Vão todas para um bom psiquiatra ou psicólogo! Não, não estou chamando de loucas. Mas é muito óbvio que a maioria das feministas tem problemas sérios com ódio, inveja e violência, e a melhor maneira de tratar isso é com tratamento psicológico, assim, como eu faço para tratar a minha misandria.
Isso! \o/

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
rockafeller
Chief Rocka
 

03-12-15, 18:00 #662



HUAHUAHAUHAUHUAHUAHA

rockafeller is offline   Reply With Quote
NITRO
Trooper
 

03-12-15, 23:14 #663
9 CANTADAS (INFALÍVEIS!) PARA PEGAR FEMINISTAS

 


1 – O que uma garota empoderada como você está fazendo num lugar hetero-normativo caído como esse? Hein?

2 – O cachorrinho mantido em cativeiro por essa sociedade capitalista que transforma tudo em mercadoria – até animais de estimação! – tem telefone?

3 – Vamos lá em casa ver minha coleção completa de livros da Simone de Beauvoir?

4 – Você é a mulher mais linda desse bar, sem desprezar todas as outras mulheres que não seguem o padrão estético imposto por essa sociedade capitalista opressora.

5 – Vamos sair dessa festa hedonista e cheia de coxinhas reacionários e procurar um lugar mais tranquilo pra refletir sobre a construção de uma sociedade mais igualitária?

6 – Quando eu te vi na pista de dança, pensei: ‘Uau, olha só a práxis com que ela mexe esse corpinho empoderado nesse ambiente patriarcal e burguês!”

7 – E aí, princesa, vamos discutir a luta de classes lá em casa? Eu sou a burguesia opressora! Falei primeiro!

8 – Você é a neta das bruxas que nós não conseguimos queimar, coisa linda. Tá a fim de ver a tocha?

9 – O pênis é a arma fálica do patriarcado opressor para subjugar a companheira fêmea. Chama a sua amiga aí pra gente falar sobre isso lá em casa…

http://www.republicadosbananas.com.b...-feministas-2/

NITRO is offline   Reply With Quote
katsumoto222
Trooper
 

05-12-15, 13:41 #664
"they leveled up"

katsumoto222 is offline   Reply With Quote
Something
Trooper
 

05-12-15, 14:04 #665
-They're white but pale, like kinda skinny.

-LIKE 80% OF THE CROWD?

Something is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

07-12-15, 19:54 #666
 


Go Sara go! LOLEZ

Baron is offline   Reply With Quote
Never Ping
Trooper
 

Gamertag: Willian Braga XFIRE ID: neverping Steam ID: neverping
07-12-15, 20:29 #667
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
[IMAGEM]

Go Sara go! LOLEZ
Se não me engano a Sara Winter é um tipo de feminista que defende a idéia que mulheres transsexuais não são mulheres e não deveriam ser inclusas como mulheres/feministas e tudo mais.

Lembrando que sim, há feministas misândricas, mas feminismo não é misandria.

Never Ping is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

07-12-15, 20:35 #668
UAU
ELA DEFENDE QUE QUEM NÃO É MULHER NÃO É MULHER!

QUE ABSURDO! AINDA BEM QUE CENSURARAM ELA!

SigSnake is offline   Reply With Quote
Yakov
Trooper
 

Gamertag: kovyakov PSN ID: kvYkv Steam ID: kovyakov
09-12-15, 15:09 #669
 

Yakov is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

15-12-15, 17:28 #670
 





Baron is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

15-12-15, 17:28 #671
http://g1.globo.com/educacao/noticia...ersidades.html

“Se exclui o bebê, exclui a mãe que está com ele. Estou trabalhando para a sociedade ao criar uma pessoa."

SigSnake is offline   Reply With Quote
Maia
Trooper
 

Steam ID: Sorella3
15-12-15, 21:39 #672
mentira essa noticia

tem q ser mentira..... senhor

Maia is offline   Reply With Quote
Hades
Trooper
 

16-12-15, 10:37 #673
a noção de que tenho direito a tudo e quero exigir o direito de exercê-los todos simultaneamente.

tá facio naum

Hades is offline   Reply With Quote
Hobbes
Trooper
 

16-12-15, 22:09 #674
Quote:
Postado por EviLBraiN Mostrar Post
Vejo sim. Toda vez que um deles aceita esse emprego pq precisa sustentar sua família.
Mano...

Estamos falando de movimentos em prol de algum grupo de gente.

Você não vê gente PEDINDO pra fazer esse tipo de trabalho não.

Você vê gente ACEITANDO de bom grado fazer esse trabalho porque precisa.

São duas coisas diferentes e a diferença é bem clara, convenhamos.


Se fosse pra atacar o argumento feminista poderia pelo menos ser na linha "elas não estão lutando por igualdade porque lutam exclusivamente pelas mulheres". O que também não é bem verdade...

Hobbes is offline   Reply With Quote
Conrado
Trooper
 

Gamertag: Conrado88 PSN ID: Conrado888
17-12-15, 11:06 #675
o Baron tomou o lugar do Eon, é isso?

also: esse tópico é uma vergonha

Conrado is offline   Reply With Quote
Responder

Thread Tools

Regras de postagem
Você não pode criar novos tópicos
Você não pode postar
Você não pode enviar anexos
Você não pode editar seus posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Atalho para Fóruns



O formato de hora é GMT -2. horário: 09:37.


Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2018, Jelsoft Enterprises Ltd.
User Alert System provided by Advanced User Tagging (Lite) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.