Darkside  

Voltar   Darkside > Darkside > Comunidade

Responder
 
Thread Tools
_j5
Quagmire
 

05-02-16, 21:55 #76
[email protected], tinha um grande respeito por ti como pessoa devido aos teus tópicos sobre veterinária.

Sobre este assunto em específico, você demonstra primeiramente falta de conhecimento sobre o que pode e o que não pode (já esclarecido pelo night), pior que isso, é querer justificar a proibição de um ato de caridade para evitar uma concorrência "injusta" do seu salarinho de classe média.

Na parte da ética então nem se fala, que te falta muito. Por sinal o que você falou tem a ver com MORAL e não com Ética.

Parabéns Baron, zerou o tópico, positivado.





_j5 is offline   Reply With Quote
Something
Trooper
 

05-02-16, 22:34 #77


Something is offline   Reply With Quote
[email protected]
Trooper
 

Steam ID: tatiware
07-02-16, 16:50 #78
Quote:
Postado por night Mostrar Post
By the way, [email protected], deal with it:
Eu acho muito engraçado o STJ ficar a favor do cara e ainda escrever isso como argumento:
"“Seria necessário montar equação matemática para visualizar a imensidão de indivíduos das espécies canina e felina que poderiam advir a partir de duas ou mais ninhadas ao ano, com início de vida fértil desde tenra idade e por muitos anos. Nesse contexto, acentua-se a relevância social, sanitária e ambiental das campanhas de controle populacional de animais domésticos (em especial quanto aos animais que vivem nas ruas ou estão sob a guarda de famílias de baixa renda), inclusive com esterilização cirúrgica, associada à educação para guarda consciente e responsável de animais”, escreveu."

Sendo que este bosta desse veterinário, que inclusive colocou um vídeo esses dias dizendo que veterinário que usa anestesia geral para fazer tartarectomia é criminoso e mercenário, lunático total, NÃO FAZIA CASTRAÇÕES GRATUITAS!

Mas eu não esparava nada diferente que isso aqui mesmo, já que estamos cercado de idiotas por todos os lados.
Mas pra que ainda se interessar, colarei os textos feitos por um veterinário muito esclarecido e que com certeza se expressa muito melhor do que eu:

Quote:
CARIDADE - 1ª Parte:
Quando alguém decide exercer uma profissão regularizada, deve cumprir as determinações do Código de Ética Profissional referentes a ela.
O profissional nunca poderá alegar ignorância das regras de conduta estabelecidas nele, pois conhecê-las é pré-requisito (condição "sine qua non") para o exercício profissional.
Assim, só quem se submete ao Código de Ética de uma atividade profissional pode exercê-la.
É o caso da Medicina Veterinária.

CARIDADE - 2ª Parte:
O Código de Ética Profissional do Médico Veterinário, em seu Capítulo VIII, no art.21 estabelece que:
"Art. 21. Ao médico veterinário não é permitida a prestação de serviços gratuitos ou por preços abaixo dos usualmente praticados, exceto em caso de pesquisa, ensino ou de utilidade pública."
O médico veterinário PODE fazer caridade, PODE atender gratuitamente, DESDE QUE esteja VINCULADO a uma instituição declarada de utilidade pública.
Por quê? Para evitar concorrência desleal, quando o médico veterinário fizer caridade, nem ele, nem sua clínica particular devem aparecer. Todo mérito assistencial deve ser atribuído à entidade considerada, legalmente, de utilidade pública (ongs, associações de proteção animal, faculdades, centros de pesquisa, etc).
Não é ético fazer propaganda da própria generosidade praticada: "Eu sou aquele que atende de graça, naquela clínica, que é minha."

Discordar ou não gostar da regra é irrelevante. Se quer ser médico veterinário TEM que fazer caridade DESSA MANEIRA, afinal, houve concordância expressa em seguir as determinações do Código de Ética Profissional.

CARIDADE - 3ª Parte:
Muita burocracia, por que tanta exigência? Estabelecimento regulamentado pra quê? Tantos papéis, tantos requisitos, tudo isto não serve para salvar animais...
Engano.
Regulamentar uma atividade e fiscalizá-la significa DAR SEGURANÇA para os animais (e consequentemente para seus proprietários).
Sem elementos mínimos, essenciais ao desenvolvimento da atividade profissional permitiria-se que qualquer um, leigo, resolvesse abrir sua própria clínica veterinária e começar a tratar animais, "porque ama e quer ajudar os bichos". Não pode.
Vivemos em sociedade, logo, somos submetidos a uma série de regras, tanto é verdade, que existe um grande ordenamento jurídico que rege nosso convívio, pouco importando nossa opinião pessoal acerca das leis.
Por exemplo, quem gosta de pagar imposto de renda (ainda mais neste país que não oferece contraprestação adequada à sua população)?
É irrelevante, TEM que pagar, quando se recebe renda pelo trabalho feito e ponto. Não vai pagar? Não quer pagar? OK! Boa sorte com a receita federal e com a sua dívida ativa.
Causa e consequência, gente.
Além disso, se algo de errado acontecer dentro de uma clínica veterinária SEM regularização do CRMV, como o proprietário será responsabilizado?
Se não houve a FORMALIZAÇÃO (entrega de todos os documentos) do estabelecimento ao CRMV, considera-se que naquele local não há a atuação de um médico veterinário, responsável pela clínica. Então pode ser qualquer um que esteja atendendo ali: um açougueiro, um vendedor, um químico, etc...
Esta história de que amor é mais importante que organização profissional é preguiça, é mania de "dar um jeitinho".
Quem verdadeiramente faz algo "por amor", faz com RESPONSABILIDADE, com transparência, dentro da lei.
A propósito: quem aqui se arriscaria a levar seu animal de estimação a uma clínica sem autorização ("papel oficial") do CRMV?

CARIDADE - 4ª Parte
Bom... até aqui demos argumentos para o debate.
Agora, vamos aos fatos, pois, contra FATOS não há argumentos:
- o tal veterinário não tem licença de sua clínica junto ao CRMV
- o tal veterinário é traficante de drogas (incurso no art. 33, 1º, III, Lei 11.343/2006)
- o tal veterinário é usuário de drogas
- o tal veterinário é criador de fundo de quintal (é óbvio que iríamos verificar se ele era fudikintá, né, gente?) e chegou a trocar filhote por cocaína.
- o tal veterinário usa método extremamente doloroso, na limpeza dos dentes dos animais (aplica um paralisante químico, onde o animal não consegue se mover, mas SENTE DOR, por falta de anestesia e analgesia).

Obs: Sabem o motivo dele não usar anestesia? Ele diz que anestesia é cara.
Preferimos uma anestesia cara, que garanta o bem estar animal, a um procedimento baratinho e (muito) cruel.
"O barato sai caro", e pior, quem sofre não é bolso do dono, é o pobre do bicho!
E só mais uma coisa Night
Quote:
A advocacia pro bono ganhou um capítulo no novo Código de Ética da OAB, publicado no dia 4 de novembro no Diário Oficial da União. O tema é tratado no artigo 30 da norma, que define como advocacia pro bono a “prestação gratuita, eventual e voluntária de serviços jurídicos em favor de instituições sociais sem fins econômicos e aos seus assistidos”.

Ainda sobre a relação entre a advocacia gratuita e a cobrada, o texto proíbe aos advogados ou escritórios “aceitar, ofertar ou condicionar” a prestação de serviço pro bono à remunerada.

A maior polêmica, entretanto, ficou a cargo das situações nas quais é possível aos escritórios ou advogado publicizarem a realização da advocacia pro bono. Ao final das discussões, os conselheiros concordaram em fixar texto permitindo “apenas a divulgação genérica da atividade”.

O Código de Ética proíbe que o instituto seja utilizado “para fins político-partidários ou eleitorais, nem beneficiar instituições que visem a tais objetivos, ou como instrumento de publicidade para captação de clientela”.
Obrigada

T@ti is offline   Reply With Quote
night
rcon kick NP (24)
 

PSN ID: lcsaboia Steam ID: luzion
07-02-16, 22:34 #79
Eu quero deixar claro que em momento algum eu disse que podíamos advogar de graça "para ganhar clientela". Você é que está interpretando desta forma, pois eu inclusive deixei claro que podemos, sim, prestar serviços de graça desde que respeitando o Código de Ética.

Acontece que você está histérica com essa situação e procura justificar sua posição a qualquer custo, inclusive mentindo, como mentiu quando disse que "nenhuma profissão pode trabalhar de graça." Se eu quiser prestar consultoria gratuita, como já fiz muitas vezes - inclusive para você, aqui neste fórum -, eu posso. E a OAB não vai fazer nada contra mim.

Então não confunda...

night is offline   Reply With Quote
serjaum
Master Chief
 

Gamertag: serjaum
07-02-16, 23:06 #80
Etica so funciona em um caso:

Se vc for fazer algo q não pode contar pra alguém, não faça

De resto..... Pau no cu dessa tal de etica
Deixa quem quer trampar de graça q o faça

serjaum is offline   Reply With Quote
[email protected]
Trooper
 

Steam ID: tatiware
08-02-16, 01:36 #81
Quote:
Postado por night Mostrar Post
Eu quero deixar claro que em momento algum eu disse que podíamos advogar de graça "para ganhar clientela". Você é que está interpretando desta forma, pois eu inclusive deixei claro que podemos, sim, prestar serviços de graça desde que respeitando o Código de Ética.

Acontece que você está histérica com essa situação e procura justificar sua posição a qualquer custo, inclusive mentindo, como mentiu quando disse que "nenhuma profissão pode trabalhar de graça." Se eu quiser prestar consultoria gratuita, como já fiz muitas vezes - inclusive para você, aqui neste fórum -, eu posso. E a OAB não vai fazer nada contra mim.

Então não confunda...
Haha, não estou histérica, fica tranquilo
E eu também não menti.
Quote:
Postado por [email protected] Mostrar Post
Jeep, não pode trabalhar de graça o veterinário e nenhuma outra profissão.
Desde advogados a fisioterapeutas, a não ser nos termos em que permite o código de ética (Ensino, pesquisa e utilidade pública)
A parte entre parênteses é específico da medicina veterinária, mas certamente todas tem este "porém".

E acho que não preciso dizer que presto consultoria gratuita no mínimo semanalmente, isso contando apenas as que faço para darknerds...
Você sabe que não é este o caso.

Foi só pra deixar claro pra todo mundo mesmo.

T@ti is offline   Reply With Quote
Kenny
Trooper
 

08-02-16, 07:30 #82
Imho o trabalho de graça não é o problema, mas a captação de clientes é.

Estamos falando de veterinário, profissional que cuida de bichos de estimação, muito estimados pelos seus donos.

Bom, aí vc, com dinheiro ou não, vai no cara que faz consultas na faixa e ele diz que seu cachorro tem um grave problema é que precisa operar urgente e que para essa operação ele cobrar 1k.

Tem muita gente que vai dar um jeito de arrumar o dinheiro e fazer a operação pra salvar o bicho, sem sequer consultar uma segunda opinião.

Acho que esse é o problema.

Fora que são poucos os consumidores que procuram uma segunda opinião.

Kenny is offline   Reply With Quote
look
Trooper
 

08-02-16, 09:35 #83
 

look is offline   Reply With Quote
_j5
Quagmire
 

08-02-16, 09:52 #84
Quote:
Postado por Kenny Mostrar Post
Imho o trabalho de graça não é o problema, mas a captação de clientes é.

Estamos falando de veterinário, profissional que cuida de bichos de estimação, muito estimados pelos seus donos.

Bom, aí vc, com dinheiro ou não, vai no cara que faz consultas na faixa e ele diz que seu cachorro tem um grave problema é que precisa operar urgente e que para essa operação ele cobrar 1k.

Tem muita gente que vai dar um jeito de arrumar o dinheiro e fazer a operação pra salvar o bicho, sem sequer consultar uma segunda opinião.

Acho que esse é o problema.

Fora que são poucos os consumidores que procuram uma segunda opinião.
Independentemente da captação de clientes ou não, existe algo chamado livre comércio.

Concordo contigo que é negativo para os veterinários alguém que prostiti a profissão, entretanto isto faz parte de qualquer negócio pois cabe ao consumidor e não ao provedor de serviços fomentar/selecionar o mercado.

Se prestar atenção, todo o mercado (indústria ou prestação de serviços), cabe ao empresário/autônomo permanecer competitivo, e não responsabilizar o consumidor ou o mal-profissional por perder fatia de mercado.

A questão do princípio de erro de diagnóstico ocorre em qualquer situação - inclusive com os que cobram um alto valor a consulta - pois partindo de um pré-julgamento podem também buscar capitalizar através de procedimentos mais caros, por este motivo não acho que tem relação direta com o valor pago, e sim com a capacitação e ética do profissional que você escolhe.

Aí se o consumidor não pesquisa, é responsabilidade do consumidor.


Last edited by _j5; 08-02-16 at 09:57..
_j5 is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

08-02-16, 10:41 #85
Quote:
Postado por Kenny Mostrar Post
Imho o trabalho de graça não é o problema, mas a captação de clientes é.

Estamos falando de veterinário, profissional que cuida de bichos de estimação, muito estimados pelos seus donos.

Bom, aí vc, com dinheiro ou não, vai no cara que faz consultas na faixa e ele diz que seu cachorro tem um grave problema é que precisa operar urgente e que para essa operação ele cobrar 1k.

Tem muita gente que vai dar um jeito de arrumar o dinheiro e fazer a operação pra salvar o bicho, sem sequer consultar uma segunda opinião.

Acho que esse é o problema.

Fora que são poucos os consumidores que procuram uma segunda opinião.
Cara, será que os clientes são tá otários assim ?

Pense vc, levando 3x seu dog lá nele e em todas ele dizendo que precisa de um tratamento pago.

Levando lá de graça e ele dizendo q precisa de uma cirurgia de 1k.

Vc ia continuar indo lá ? Não ia pegar segunda opinião ?

E as outras pessoas são tão mais burras que vc que não conseguem se cuidarem de profissionais maldosos ?


E na boa, não tem nada de mais ( fora ser contra o cartel ) o cara falar: a consulta é de graça, se o bichinho não estiver doente fica assim, se precisar de remédio aí eu cobro a consulta junto com o preço da medicação.

Tem médico que trabalha assim. ( só paga a cirurgia, não paga a consulta ) Tem advogado que trabalha assim. ( só paga uma porcentagem do que ganhar na ação, se perder ele não ganha )

Deixa o povo trabalhar minha gentem !

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
Hades
Trooper
 

08-02-16, 21:05 #86
8 de fevereiro de 2016 depois de Cristo e ainda leio coisas do tipo:

"aiiinnn, mas se tá escrito no tal código de ética é pq é o certo a se fazer, né!?"

"aiiiiinnn, mas tá na lei, né?!"

e assim se vão as esperanças de uma sociedade que efetivamente evolua para se tornar melhor e mais justa.

Hades is offline   Reply With Quote
Hades
Trooper
 

08-02-16, 21:07 #87
quanto à OAB, depois de um ano trabalhando na própria, junto à presidência e conselho, sou tendente a concordar com muito do que o Baron disse.

hoje ela realmente presta um desserviço à democracia e às liberdades dos cidadãos.

Hades is offline   Reply With Quote
_j5
Quagmire
 

09-02-16, 01:05 #88
Quote:
Postado por Hades Mostrar Post
quanto à OAB, depois de um ano trabalhando na própria, junto à presidência e conselho, sou tendente a concordar com muito do que o Baron disse.

hoje ela realmente presta um desserviço à democracia e às liberdades dos cidadãos.
Hades, se possível conte-me um pouco mais da sua experiência...

_j5 is offline   Reply With Quote
Kenny
Trooper
 

11-02-16, 18:30 #89
Quote:
Postado por _j5 Mostrar Post
Independentemente da captação de clientes ou não, existe algo chamado livre comércio.

Concordo contigo que é negativo para os veterinários alguém que prostiti a profissão, entretanto isto faz parte de qualquer negócio pois cabe ao consumidor e não ao provedor de serviços fomentar/selecionar o mercado.

Se prestar atenção, todo o mercado (indústria ou prestação de serviços), cabe ao empresário/autônomo permanecer competitivo, e não responsabilizar o consumidor ou o mal-profissional por perder fatia de mercado.

A questão do princípio de erro de diagnóstico ocorre em qualquer situação - inclusive com os que cobram um alto valor a consulta - pois partindo de um pré-julgamento podem também buscar capitalizar através de procedimentos mais caros, por este motivo não acho que tem relação direta com o valor pago, e sim com a capacitação e ética do profissional que você escolhe.

Aí se o consumidor não pesquisa, é responsabilidade do consumidor.
Não estou falando de erro de diagnóstico, mas de mal caratismo mesmo. De a pessoa se aproveitar de uma consulta "grátis" para vender um serviço, às vezes desnecessário, para a pessoa que vai ali atraída pela gratuidade.

Quote:
Postado por EviLBraiN Mostrar Post
Cara, será que os clientes são tá otários assim ?

Pense vc, levando 3x seu dog lá nele e em todas ele dizendo que precisa de um tratamento pago.

Levando lá de graça e ele dizendo q precisa de uma cirurgia de 1k.

Vc ia continuar indo lá ? Não ia pegar segunda opinião ?

E as outras pessoas são tão mais burras que vc que não conseguem se cuidarem de profissionais maldosos ?


E na boa, não tem nada de mais ( fora ser contra o cartel ) o cara falar: a consulta é de graça, se o bichinho não estiver doente fica assim, se precisar de remédio aí eu cobro a consulta junto com o preço da medicação.

Tem médico que trabalha assim. ( só paga a cirurgia, não paga a consulta ) Tem advogado que trabalha assim. ( só paga uma porcentagem do que ganhar na ação, se perder ele não ganha )

Deixa o povo trabalhar minha gentem !
Putz, Evil, tem gente assim, e de monte. Da ingenuidade à preguiça, passando por um monte de situações aí no meio.

Qual a % dos seus pacientes que pede uma segunda opinião? Ou que te procura como segunda opinião?

E, sim, a grande maioria das pessoas, infelizmente, é mais burra que eu e não consegue se cuidar de profissionais maldosos, especialmente se esses cobrarem pouco ou nada. Por isso que o Estado tem que prestar tutela (jurisdicional) para "cuidar" dos "problemas" que essas pessoas mesmo "acabaram criando".

Realmente, nesse caso que vc colocou não tem nada demais mesmo, desde que o profissional avise isso antes (e que ele seja uma pessoa ética, porque se for um picareta, cai naquilo que já postei).

Quanto ao pagamento no êxito, dos advogados, não é trabalho de graça, mas condicionado ao sucesso do processo. Seria o equivalente a "olha, seu bicho (ou parente) está mal, vou operá-lo, se ele sobreviver vc me paga, caso contrário tá tudo certo", acho que não tem médico veterinário ou médico que trabalhe assim (só acho, pq vemos cada coisa).

Kenny is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

11-02-16, 20:25 #90
Quote:
Postado por Kenny Mostrar Post
E, sim, a grande maioria das pessoas, infelizmente, é mais burra que eu e não consegue se cuidar de profissionais maldosos, especialmente se esses cobrarem pouco ou nada. Por isso que o Estado tem que prestar tutela (jurisdicional) para "cuidar" dos "problemas" que essas pessoas mesmo "acabaram criando".
A melhor ajuda que o estado pode prestar nesse assunto é fazer os processos ANDAREM! Só isso!

Mas nem isso o estado brasileiro consegue fazer!

Que tal se antes de pensar em tutela do estado para cuidar de problemas que pessoas criam para elas mesmas o estado desse prioridade em andar com os processos que deveriam durar 1 SEMANA ao invés de durarem 10 ANOS?

Assim, quando alguém for enganado pelo veterinário ele simplesmente entra com o processo e já resolve o problema em poucas semanas (ou dias). E aí quem sabe o veterinário fica com o cu na mão na hora de enganar o próximo cliente.

Detalhe que é dessa maneira que funciona nos países de primeiro mundo. Mas pra que fazer isso? Nãããããão! Vamos inventar tutelas estatais para o sujeito enganado pelo veterinário resgatar seus 1000 reau (corrigidos pela inflação!) em 30 anos! BOA, ACHO QUE ASSIM ANDA!

E os fraudadores estão aí, TREMEEEENDO de medo da justiça!

Baron is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

11-02-16, 21:10 #91
Pois é. Acho perigoso deixar muita coisa no poder de uma pessoa só ( seja o dono de uma empresa ou o chefe de um estado ). E pense ainda que esse povo burro que vc acha que o estado precisa defender, é quem elege o chefe desse estado e que muda a cada 4 anos.

Sério, pessoas burras colocando um chefe novo no poder a cada 4 anos. E vc quer aumentar o poder desse chefe ? Cara... quanto menos, menor a chance de vc se fuder...

Tenho visto assim hj em dia...

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
timber
Trooper
 

PSN ID: fabiokobuti XFIRE ID: fabiokobuti Steam ID: fabiokobuti
11-02-16, 22:13 #92
Duvida leiga, porque não sou da area de saúde (animal ou não)

O que o veterinario faz seria o mesmo que o wix faz? Afinal ele prostitui o mercado oferecendo sites gratuitos, mas quando você tá la, todo na infra dele e quer evoluir para algo maior (loja virtual ou qualquer outra coisa mais avançada) ele cobra.

Ao meu ver o cara faz o mesmo, da uma olhadinha gratuita, e quando voce quer algo mais profissa (medicação, internação ou cirurgia) ele cobra.

Exemplo porco, esdrúxulo? Sim, mas to to tentando traçar um paralelo com a minha profissão para entender melhor.

timber is offline   Reply With Quote
Hades
Trooper
 

12-02-16, 00:19 #93
é bem isso mesmo, timber.

no mercado isso se chama estratégia de venda, calcada na livre concorrência.

o que não ocorre na prestação de serviços de profissões regulamentadas simplesmente porque os conselhos profissionais não permitem. o compromisso deles é apenas com os bolsos dos membros da guilda mesmo.

Hades is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
12-02-16, 06:39 #94
aguardando a fiscalizacao nas clinicas conveniadas, pq mesmo que recebam da porto seguro, certamente nao cobrem 3 consultas completas, ainda bem que algumas *ate* dao desconto nos exames caso necessarios, embora em seguida ja digam que tais procedimentos estao excluidos. Nem vou falar dos micreiros, encanadores e servicos gerais pq esse povo nao tem sindicato mesmo

 


 


http://www.portoseguro.com.br/seguro.../para-sua-casa

Jeep is offline   Reply With Quote
Kenny
Trooper
 

12-02-16, 11:47 #95
Quote:
Postado por Baron Mostrar Post
A melhor ajuda que o estado pode prestar nesse assunto é fazer os processos ANDAREM! Só isso!

Mas nem isso o estado brasileiro consegue fazer!

Que tal se antes de pensar em tutela do estado para cuidar de problemas que pessoas criam para elas mesmas o estado desse prioridade em andar com os processos que deveriam durar 1 SEMANA ao invés de durarem 10 ANOS?

Assim, quando alguém for enganado pelo veterinário ele simplesmente entra com o processo e já resolve o problema em poucas semanas (ou dias). E aí quem sabe o veterinário fica com o cu na mão na hora de enganar o próximo cliente.

Detalhe que é dessa maneira que funciona nos países de primeiro mundo. Mas pra que fazer isso? Nãããããão! Vamos inventar tutelas estatais para o sujeito enganado pelo veterinário resgatar seus 1000 reau (corrigidos pela inflação!) em 30 anos! BOA, ACHO QUE ASSIM ANDA!

E os fraudadores estão aí, TREMEEEENDO de medo da justiça!
Aí que está o problema. Esse pessoal "limitado" não consegue achar um advogado que resolva o problema dele. Vai procurar o cara que quer eternizar o processo e que vai receber mais que o próprio cliente no final.

O cara que não procurou uma segunda opinião do veterinário que anunciou o serviço de graça, vai cair na conversa do primeiro advogado que achar e vai largar "a causa" na mão do "doutor".

Bom se ele achar um profissional ético, péssimo se ele não o encontrar (que é o que ocorre em boa parte dos casos).

Realmente, é mais ou menos do jeito que você falou que funcionam os países de primeiro mundo. Só faltou mencionar que neles, existe uma série de procedimentos prévio a serem cumpridos e que demandar na Justiça é extremamente caro, de modo a "convencer" os litigantes a fazer acertos prévios.

Não é o que ocorre no Brasil, onde entrar na justiça é muito barato. É um nicho, aliás, que pode ser explorado por profissionais de pouca ou nenhuma ética.

Aí o que ocorre, cartórios judicias abarrotados de processos, cujo volume é humanamente impossível de se dar conta.

Felizmente algumas providências estão sendo tomadas para agilizar o trâmite desses processos, sem eternizar a solução. É o caso das Metas do Judiciário, do processo eletrônico, das inovações trazidas no novo Código de Processo Civil.

Kenny is offline   Reply With Quote
ragauskas
Trooper
 

Steam ID: ragauskas
28-02-16, 16:41 #96
humanamente impossivel dar conta? se nego trabalhasse inves de ficar viajando ou coisas do tipo ja seria de bom tamanho

use os estados unidos como exemplo, que nego processa por QUALQUER coisa (LITERALMENTE QUALQUER COISA), e ainda sim de funciona de forma rapida

eu acho que o comodismo no Brasil pra fazer tudo andar eh que atrasa tudo, fora as ambiguidades / corrupcao em todos os processos

ragauskas esta conectado agora   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
19-05-16, 18:34 #97
virou moda, mas parece ter tido final feliz...

Local que atendia gratuitamente cães com leishmaniose é fechado
Veterinário que atendia os animais pode ter de pagar multa

http://www.midiamax.com.br/cotidiano...fechado-284698

Quote:
Ele foi autuado por fazer o atendimento gratuito dos animais, por ter um consultório irregular e por armazenar medicamentos vencidos. “Eu sou professor com dedicação exclusiva e não posso mesmo cobrar os atendimentos. Sobre o consultório, não considero um consultório, pois os atendimentos são esporádicos e também é feita a orientação jurídica aos donos dos animais”, explica.

http://www.midiamax.com.br/cotidiano...s-graca-301296

Justiça suspende punição a veterinário que trata cães de graça
Decisão ainda cabe recurso por parte do CRMV/MS

Jeep is offline   Reply With Quote
Responder

Thread Tools

Regras de postagem
Você não pode criar novos tópicos
Você não pode postar
Você não pode enviar anexos
Você não pode editar seus posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Atalho para Fóruns



O formato de hora é GMT -2. horário: 01:49.


Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2018, Jelsoft Enterprises Ltd.
User Alert System provided by Advanced User Tagging (Lite) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.