Darkside  

Voltar   Darkside > Darkside > Comunidade

Responder
 
Thread Tools
vegetous
Trooper
 

XFIRE ID: carniceiru
Thumbs down Feliz dia do Consumidor

16-03-16, 15:45 #1
Quote:
Limite de dados em internet fixa pode prejudicar milhões de brasileiros


Vivo, NET e Oi, três das principais operadoras de telecomunicação do Brasil, anunciaram recentemente que todos os seus planos de internet fixa serão oferecidos com um limite de dados. Desse modo, mesmo conexões por ADSL - aquelas em que a rede aproveita a linha de telefone do usuário - funcionarão por franquia, como nos planos de internet móvel.

Em outras palavras, as operadoras poderão cortar ou reduzir a velocidade da internet quando o usuário atingir o limite. Atualmente, os planos de internet fixa são regulados por velocidade, e não há volume máximo de dados. Um consumidor pode baixar filmes, músicas e assistir vídeos o quanto quiser, pagando apenas pela velocidade com que esses dados trafegam. Com um limite de consumo, a experiência do usuário é seriamente prejudicada.

Veja o caso da Netflix, por exemplo. O serviço de streaming oferece diversos filmes e séries de TV em alta resolução, sendo que um vídeo em HD (a partir de 720p) consome algo em torno de 3GB por hora, segundo a empresa. Se você assistir a dois episódios da sua série favorita por dia, com cerca de 50 minutos cada um, e em alta resolução, ao fim do mês você terá gasto 180GB da sua franquia de dados fixa. Só com Netflix.

Acrescente ao cálculo todos os outros aplicativos da vida moderna que consomem cada vez mais dados. Pense em quantas horas de vídeos no YouTube você assiste por mês, em quantos vídeos e fotos são exibidos na sua linha do tempo no Facebook ou no Twitter, no número de imagens que você baixa no Snapchat e nas atualizações de apps que o seu smartphone exige diariamente.

Agora multiplique esse número pela quantidade de dispositivos ligados à sua rede fixa, incluindo celulares da família, computador, laptop, tablet e videogame, por cabo ou pelo Wi-Fi. Ao fim das contas, você perceberá que um plano de 130GB - o mais alto e caro oferecido pela Vivo, por exemplo - não é muita coisa.

E é justamente nesse ponto que se encontra o "trunfo" das operadoras de telecomunicações, que agora possuem argumentos não só para convencê-lo a aumentar a velocidade da sua internet, mas também a contratar uma franquia com limite maior, e, consequentemente, mais cara, ou ainda mudar-se para a fibra ótica.


Isso é permitido?

Atualmente, mais de 25 milhões de brasileiros acessam a internet por redes fixas. Com essas novas regras, muitos usuários poderiam ser prejudicados pela interrupção inesperada de serviços ou mesmo por uma queda na velocidade quando atingissem o limite de suas franquias. Mas o que a lei tem a dizer?

O modelo de cobrança é regulamentado normalmente pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), assim como é permitido em contratos de redes móveis. As operadoras só precisam respeitar algumas exigências, como a de oferecer ao consumidor uma ferramenta para que ele monitore o volume de dados consumido em tempo real. Além disso, as empresas devem alertar o usuário quando ele estiver perto de atingir o limite contratado.

O Marco Civil da Internet também dá liberdade para que as operadoras cobrem o cliente da maneira que acharem melhor. A única restrição, nesse sentido, se refere ao conteúdo: uma empresa não pode impedir o usuário de acessar alguns sites, mas podem, sim, interromper a conexão do consumidor em caso de "débito diretamente decorrente de sua utilização".


Como saber se serei afetado?

Por enquanto, as novas regras afetam apenas usuários de conexões ADSL, deixando "ilesos" os consumidores de internet por meio de fibra ótica. Clientes da NET também já acessam a rede pelo regime de franquia de dados há tempos, o que a empresa justifica em seu site oficial dizendo que "se preocupa muito com a qualidade dos serviços que presta".

"Um fator chave para garantir a velocidade de conexão da banda larga é ter a rede corretamente dimensionada para atender bem todos os nossos clientes. O perfil de utilização de cada cliente impacta diretamente no tráfego e com isso a NET tem consistentemente conseguido oferecer maior velocidade e menor preço", argumenta a companhia.

Já a Vivo, recém-chegada ao ramo de cobrança por franquia, estabelece as seguintes métricas:
  • Banda Larga Popular de 200 kbps: 10 GB por mês
  • Banda Larga Popular de 1 e 2 Mbps: 10 GB por mês
  • Vivo Internet de 4 Mbps: 50 GB por mês
  • Vivo Internet de 8 e 10 Mbps: 100 GB por mês
  • Vivo Internet de 15 Mbps: 120 GB por mês
  • Vivo Internet de 25 Mbps: 130 GB por mês

A cobrança franqueada começou a valer na Vivo desde o último dia 5 de fevereiro. Contratos estabelecidos antes dessa data, porém, serão mantidos ilimitados até o dia 31 de dezembro de 2016. Já os planos da Oi são um pouco mais generosos com quem possui planos de internet mais lenta, mas também são mais restritivos chegando aos valores mais altos:
  • Até 600 kbps: 20GB por mês
  • Até 1 Mbps: 40 GB por mês
  • Até 2 Mbps: 50 GB por mês
  • Até 5 Mbps: 60 GB por mês
  • Até 10 Mbps: 80 GB por mês
  • Até 15 Mbps: 100 GB por mês

A Tim, que também oferece serviço de internet por conexão ADSL, não possui planos sob franquia. Em nota, a empresa afirmou que também não pretende mudar seu modo de cobrança por enquanto.


Próximos passos

A 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor (Prodecon) do Ministério Público do Distrito Federal deu início a um processo que investigará essas ofertas da Vivo, Oi e NET. De acordo com o promotor Paulo Roberto Binicheski, a cobrança com limite de dados é desvantajosa para o consumidor.

"A proposta de alteração do sistema de cobrança reflete planos comerciais abusivos, com o propósito disfarçado de encarecer os custos de utilização da internet pelo usuário médio", disse Binicheski em nota divulgada à imprensa. Ao consumidor, resta aguardar o desenrolar dos fatos e, assim como já faz no celular, tentar restringir os gastos com internet mesmo quando estiver em casa.

http://olhardigital.uol.com.br/notic...sileiros/56099

GG


Btw.: os três maiores provedores de internet resolvem ao mesmo tempo, cobrar pelo uso de banda e o órgão regulador não tem nada a dizer a respeito? ninguém chega à pouco óbvia conclusão de que eles formaram um cartel e estão negociando os preços praticados entre eles?

Puta que pariu!





vegetous is offline   Reply With Quote
Blazed
Trooper
 

16-03-16, 16:04 #2
NAUM EH CARTEU

MARCO CIVIL EH BOM

APROVA SIM

EH 13 CARALHO

SUBIR ARVORE EH O CARALHO

Blazed is offline   Reply With Quote
Maia
Trooper
 

Steam ID: Sorella3
16-03-16, 16:10 #3
fibra ta isento, pelo q eu entendi então?
se sim, ufa

Maia is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

16-03-16, 16:13 #4
por enquanto, por enquanto...

SigSnake is offline   Reply With Quote
rockafeller
Chief Rocka
 

16-03-16, 16:33 #5
"tentar restringir os gastos com internet mesmo quando estiver em casa"

 


we did it.

rockafeller is offline   Reply With Quote
Chronos
Caldas
 

PSN ID: lschronos2 Steam ID: lschronos
16-03-16, 16:36 #6
ótimo título. hahaha... achei que era promoção para eu alimentar meu consumismo

Chronos is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

16-03-16, 16:43 #7
" Ao consumidor, resta ir se fuder e, assim como já faz no celular, tentar se fuder menos mesmo quando estiver em casa."

Sobre o Netflix usar muita banda, so mudar pra esse:

http://www.redebrasilatual.com.br/en...anda-1150.html

SigSnake is offline   Reply With Quote
Maia
Trooper
 

Steam ID: Sorella3
16-03-16, 16:45 #8
ao consumidor, resta deixá-lo, porque amá-lo está impossível

Maia is offline   Reply With Quote
DALBEN
Trooper
 

Gamertag: GC DALBEN PSN ID: DALBEN_ XFIRE ID: DALBEN_DALBEN Steam ID: gustavocorsodalben
16-03-16, 17:14 #9
HAheaue que piada.

[SPOILER]
 

DALBEN is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

16-03-16, 17:55 #10
Amigos do rei tudo podem.

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
leiden
Trooper
 

Steam ID: olhonolance
16-03-16, 18:24 #11
ueh mas desde que eu usava speedy 256 tinha franquia
faz tempo tbm q net tem limite, porem pelo que eu saiba ultimamente nao tava capando

leiden is offline   Reply With Quote
vegetous
Trooper
 

XFIRE ID: carniceiru
24-03-16, 15:28 #12
Quote:
Limite de consumo na banda larga fixa é benéfico, segundo Anatel

Franquia na banda larga fixa não só era esperado, como é positivo para o consumidor, segundo superintendente

Por Paulo Higa
5 semanas atrás



Na última quarta-feira (10), o Tecnoblog noticiou com exclusividade os limites de consumo na banda larga fixa da Vivo. Nos novos contratos, quem ultrapassar a franquia terá sua conexão reduzida ou cortada, assim como já acontece na internet móvel. A repercussão foi bastante negativa entre os consumidores, mas a Anatel enxerga a novidade como benéfica.

O superintendente de competição da Anatel, Carlos Baigorri, defende que os assinantes que acessam a internet esporadicamente acabam financiando os que baixam grandes quantidades de dados. “Não existe um único consumidor, então para quem está abaixo da média, consome menos, o limite é melhor. E pior para quem consome muito”, afirmou, em entrevista ao Convergência Digital.

Ao TeleSíntese, o superintendente usou a seleção adversa como argumento para defender os limites de consumo: “[…] conforme a seleção adversa, muitas vezes se faz o preço pela média do perfil de consumo. Isso significa que há aqueles que consomem acima da média e os que consomem abaixo da média. Ou seja, quem consome menos paga por quem consome mais”.

De acordo com os novos contratos da Vivo, os assinantes do Vivo Internet Fixa poderão baixar de 10 GB a 130 GB por mês, dependendo da velocidade contratada. A franquia será “promocionalmente” ilimitada até o dia 31 de dezembro de 2016 para todos os clientes. Após o período, a conexão será bloqueada ou terá velocidade reduzida até o final do mês.

Como apontamos, outras empresas, como NET e Oi, já possuem a cláusula de bloqueio ou redução de velocidade após o limite de franquia, mas raramente aplicam as penalidades. Depois de explicarmos que a Oi nem sequer possui tecnologia para limitar as conexões dos clientes, a operadora garantiu ao TeleSíntese que “não pratica o corte da navegação na internet após o fim da franquia” na banda larga fixa.

O problema dos limites na banda larga fixa é que estamos utilizando cada vez mais serviços de armazenamento na nuvem e principalmente streaming, como o Netflix — que compete com os serviços de TV por assinatura, também oferecidos por Vivo, Oi e NET. Numa conexão de 25 Mb/s, seriam necessárias apenas 11 horas e meia para ultrapassar a franquia mensal de 130 GB estabelecida pela Vivo.

https://tecnoblog.net/191752/anatel-...da-larga-fixa/
Agência reguladora pra que? Se for pra defender os direitos das operadoras, eu tenho certeza que elas já tem gente muito competente pra fazer isso. Eu não preciso pagar imposto pra sustentar o emprego de um bosta como esse Carlos Baigorri, que vem dizer que alguém que paga por uma conexão com mais de 10Mbps de largura de banda, faz isso pra ler email.

Se ainda fossem implementar esses limites com quantidades compatíveis ainda dava pra entender. Agora querer colocar 150GB de limite numa conexão de 15Mbps? Duas horas diárias de Netflix HD e você estoura esse limite. Esses imbecis estão de brincadeira, querendo impor limites que fariam sentido pros nossos níveis de tráfego de 10 anos atrás.

vegetous is offline   Reply With Quote
vegetous
Trooper
 

XFIRE ID: carniceiru
24-03-16, 18:06 #13
Quote:
Usuários criam petição contra limite de dados em internet fixa


Após o anúncio de que as provedoras de internet fixa passariam a limitar a quantidade de dados de seus planos - assim como acontece com conexões móveis - internautas criaram uma petição contra a medida. Endereçada a 'Vivo, GVT, Oi, Net, Claro Anatel e Ministério Público Federal', ela já conta com mais de 2 mil assinaturas.

A petição cita a coordenadora institucional da Proteste Associação Brasileira de Proteção ao Consumidor, Maria Inês, que considera que “isso é um retrocesso”. “Uma mudança como essa precisa passar por uma ampla discussão antes de ser aprovada”, afirmou em entrevista ao Olhar Digital.
Na mesma entrevista, a coordenadora avaliou também que essa prática de mercado é ilegal. Além disso, a medida também pode prejudicar milhões de usuários brasilerios que poderão ter seu acesso à rede interrompido de maneira inesperada.
http://olhardigital.uol.com.br/pro/n...net-fixa/56484

vegetous is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

24-03-16, 18:20 #14
Vegetous, bem vindo aos apoiadores da redução dos poderes do estado. ( caso não seja ainda )

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
vegetous
Trooper
 

XFIRE ID: carniceiru
25-03-16, 12:13 #15
Quote:
Operadoras querem franquia mensal na internet fixa a partir de dezembro, diz MP

Por: Felipe Ventura
21 de março de 2016 às 12:41


O Ministério Público do Distrito Federal suspeita que operadoras como Vivo, NET e Oi passarão a limitar o acesso à internet fixa usando franquias mensais – quem quisesse mais dados teria que comprar pacotes adicionais. Agora, as empresas terão que se explicar.

O MP-DF deu dez dias para que Vivo, Oi e Claro/NET esclareçam a possível intenção de limitar a internet fixa. O promotor Paulo Binicheski diz ao G1 que as operadoras querem adotar a nova regra em dezembro.

Elas terão que explicar como querem cobrar pelos serviços de internet, e encaminhar cópia de contratos e dos materiais publicitários dos últimos 12 meses.

A polêmica teve início em fevereiro, quando a Vivo começou a oferecer novos contratos de banda larga fixa com limite mensal de dados, indo de 10 GB a 130 GB dependendo da velocidade.

A franquia será “promocionalmente” ilimitada até 31 de dezembro, e depois “poderá ocorrer o bloqueio ou redução da velocidade”, diz o contrato. NET e Oi também estipulam franquias para o Vírtua e Velox.

Binicheski diz que a nova limitação terá um efeito negativo para quem usa serviços de streaming, como Spotify ou YouTube. “O usuário normal que usa Netflix, por exemplo, poderá ser onerado demasiadamente – ou compra pacotes adicionais, ou será excluído do serviço”, afirma o promotor ao G1.

A Proteste, Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, é contra a mudança. “A Anatel não pode se omitir e aceitar essa mudança, porque o consumidor é quem vai sair perdendo. Uma mudança como essa precisa passar por uma ampla discussão antes de ser aprovada. Isso é um retrocesso”, diz Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Proteste, ao Olhar Digital.

A Anatel diz que o uso de franquias na internet fixa é previsto pela regulamentação. As operadoras só precisam informar o consumo de dados, e enviar alertas quando o cliente estiver chegando ao limite.

O superintendente de competição da agência, Carlos Baigorri, até sugeriu que uma franquia de dados pode ser benéfica para alguns clientes: “não existe um único consumidor, então para quem está abaixo da média, consome menos, o limite é melhor. E pior para quem consome muito”.


O que dizem as operadoras

A Vivo diz em comunicado que a franquia mensal vale apenas para novos clientes, e que não vai cobrar por excedentes este ano. “À medida que isto vier a ocorrer no futuro, a empresa fará um trabalho prévio educativo, por meio de ferramentas adequadas, para que o cliente possa aferir o seu consumo”, diz a operadora.

No entanto, se um cliente antigo alterar o contrato – por mudar a velocidade da banda larga, por exemplo – ele será enquadrado nas novas regras, e ficará sujeito ao limite mensal.

A NET, por sua vez, lembra que já estabelece uma franquia mensal de consumo, prevista em contrato com o objetivo de “garantir o correto dimensionamento da rede de banda larga para todos os usuários”. Os limites vão de 30 GB (no plano de 2 Mbps) a 200 GB (no plano de 120 Mbps).

A Oi também estipula franquias mensais nos contratos de internet fixa – indo de 20 GB (no plano de 600 Kbps) a 100 GB (no plano de 15 Mbps) – mas diz que “não pratica o corte de navegação de internet”. A TIM não tem franquia de dados na internet fixa.

http://gizmodo.uol.com.br/operadoras.../?cmpid=fb-uol
Quote:
Postado por EviLBraiN Mostrar Post
Vegetous, bem vindo aos apoiadores da redução dos poderes do estado. ( caso não seja ainda )
Eu acho que a Anatel seria uma agência de suma importância pro consumidor, uma vez que NÃO existe livre concorrência no setor de telefonia/internet aqui no Brasil. O problema é que ela está sempre defendendo o lado errado da equação. Então se toda vez que as operadoras de internet e telefonia tentam foder o consumidor, a única solução é entrar na justiça, já que a Anatel não faz nada e/ou apoia as operadoras. Nós poderíamos economizar uns bons milhões de impostos anualmente, acabando com essa agência de merda!

vegetous is offline   Reply With Quote
drakiN
Trooper
 

Steam ID: drakiN
25-03-16, 12:32 #16
ué... qualquer empresa que oferecer serviço sem limite ganhará rios de clientes.

drakiN is offline   Reply With Quote
kakarotto
Trooper
 

PSN ID: kakarotto_DS
25-03-16, 12:46 #17
ué, inocente vc pensar que eles nao "combinaram" de todas fazerem o mesmo esquema, igual cartel de posto de gasolina

kakarotto is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

25-03-16, 14:52 #18
Drakin, vc está pensando em um cenário se livre concorrência. O q não existe no Brasil neste setor. A anatel é uma farsa pro povo achar q o governo está agindo pelo povo. Mas só estão agindo em prol dos amigos do rei.

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
Hobbes
Trooper
 

25-03-16, 17:25 #19
As companhias sabem se organizar pra cartelizar e tirar vantagem, mesmo com livre concorrência.

Se a premissa é "a Anatel não ajuda o consumidor" e a conclusão é "vamos acabar com a Anatel", faltou a premissa de que é necessário algum órgão pra proteger o consumidor.

Melhor seria "vamos botar a Anatel pra trabalhar em favor do consumidor".

Você precisa de organização pra que as coisas aconteçam. Extinguir a Anatel ou privar o consumidor de qualquer órgão que deveria protegê-lo não vai ajudar em nada.

Hobbes is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

25-03-16, 18:18 #20
Que burro, dá zero pra ele!

É ô animal, você só compra o seu pão de manhã porque a Anatel dos padeiros regula as padarias e qualidade dos pães, você só compra o seu iphone porque a Anatel dos smartphones regula as empresas de tecnologia, você só compra a sua puta porque a Anatel das putas te garante a qualidade pelo melhor preço, você só acessa a Darkside porque a Anatel dos fóruns te garante que o Jeep vai deixar o serviço online e rodando.

Duh. Você usa centenas de serviços todo o tempo, todos os dias, que não são regulados e funcionam maravilhosamente bem. Já esse pesadelo de telefonia não funciona porque opera num mercado fechado. Só falta querer agora que um órgão regulador fiscalize o Jeep, a Apple, o Steam e o puteiro na esquina da sua casa. Jênio!

O óbvio é: vamos acabar com a Anatel e abrir o mercado para a livre-concorrência. Pronto, problema resolvido, seja aqui ou seja na China.

E outra, a Anatel não protege o consumidor. Você tá vendo ela proteger o consumidor onde? O problema mostrado no tópico é JUSTAMENTE a Anatel NÃO protegendo o consumidor. Sua proposta burra falhou mais uma vez. Quantas vezes mais ela tem que falhar até você entender o óbvio?

O consumidor se protege através dos contratos, das leis (seja por justiça comum ou tribunais de arbitragens) e da livre-concorrência (já que tem mais opções para escolher a melhor empresa que vai lhe prestar o serviço).


Last edited by Baron; 25-03-16 at 18:30..
Baron is offline   Reply With Quote
marconds
PHD em Dota 2
 

25-03-16, 18:24 #21
Beleza, não precisa de agência reguladora mas então tem que ter um judiciário forte pra foder com esse bando de filho da puta que permeia o serviço privado, bando de incompetente e estelionatário que contam com a leniência, lerdeza e ineficiência do judiciário.

Vou contar um causo particular para ilustrar: comprei um imóvel na planta e a construtora não apenas não entregou dentro do prazo como estourou inclusive os prazos de carência que algumas cortes consideram ilegal por ser abusiva. Enfim, entrei em contato com a construtora solicitando APENAS meu dinheiro já pago de volta, corrigido, conforme consta no contrato. Eles se recusaram. Cara, tá em jurisprudência já consolidada por súmula do STJ (543), tá no contrato, tá tudo preto no branco documentado e a empresa simplesmente disse que não vai pagar e FODA-SE. Aliás, tiveram a cara de pau de dizer que pagariam o valor, sem correção, descontados 20% de multa porque EU ESTARIA PEDINDO DISTRATO.

Resultado: entrei na justiça mas mesmo assim não vou conseguir reaver o valor que paguei corrigido simplesmente porque uma parte do valor fica com os advogados que entram com a causa. Resumindo: mesmo estando em contrato e em súmula do STJ não terei o que me é de direito simplesmente por filhadaputagem da empresa. É conveniente para eles. NOICE!

Ah, claro, pra completar: esse valor (que não é baixo pra mim), vai ficar lá com a empresa atééééée o final da decisão judicial que, sabe-se lá quando vai ser.. dois, três anos? se for pra STJ-STF então... pfff. É FODA!.


Last edited by marconds; 25-03-16 at 18:35..
marconds is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

25-03-16, 18:38 #22
Ué, então escolha uma justiça que seja mais competente em realizar as suas funções! Ah éééé, eu me esqueci que a justiça é um monopólio do estado (ou quase, explico melhor abaixo). E pra variar não funciona direito!

Por isso que a justiça deveria estar também na livre-concorrência. E na verdade JÁ ESTÁ em partes, já que cada vez mais tribunais PRIVADOS de arbitragens estão aparecendo e sendo estabelecidos por contratos para resolver os conflitos. Isso sim é bem melhor do que ter que brigar na justiça estatal.

E convenhamos, já está bem claro como funciona o esquema de construtoras e governos: basta você ser amigo do rei que pode fazer qualquer coisa. Isso vale pra todo mundo, não só construtoras, mas nesses últimos meses tá evidente como funciona a brincadeira. Coisa que eu já venho falando há mais de 1 década, que fique claro.

Ou seja, judiciário mais forte é o meu ovo esquerdo, o que se precisa é de mais contratos sendo estabelecidos com arbitragens privadas e mais tribunais privados para competirem entre si. Basicamente, quem quisesse abrir um tribunal privado não deveria precisar da autorização de ninguém pra fazê-lo, deveria poder fazer do dia pra noite.

Baron is offline   Reply With Quote
marconds
PHD em Dota 2
 

25-03-16, 18:44 #23
Cara, que o judiciário é oportunista não há dúvidas. Estão utilizando essa situação toda para tentar ganhar ainda mais poder e vantagens. Nunca vi uma casta tão corporativista quanto o judiciário. Talvez o executivo... Enfim, eu digo há tempos também que as leis são tão torcidas e distorcidas há tanto tempo que os juizes praticamente escolhem as leis que devem ser seguidas e como devem ser seguidas. É foda.

marconds is offline   Reply With Quote
Zedd
Trooper
 

25-03-16, 23:09 #24
Marconds, voce esta discutindo com o cara que quer privatizar o judiciário.

Zedd is offline   Reply With Quote
Baron
Trooper
 

26-03-16, 00:21 #25
Eu, querendo privatizar o judiciário?

As pessoas, por livre e espontânea vontade, estão aderindo cada vez mais a tribunais privados para cuidarem da sua justiça.

Juro que não é minha culpa! Na verdade, o mais provável é que a culpa seja da justiça estatal que não funciona. Afinal de contas, se funcionasse bem as pessoas não estariam fazendo isso, certo?

Agora, alguém aí confia na justiça estatal? hauehaueuh Oras, já que não confiam, nada mais NATURAL do que aparecerem substitutos.

Isso vale pra tudo no mundo e o mercado de 'justiça' não é exceção. 'Justiça' é um serviço como qualquer outro e, como em qualquer outra coisa, o mercado privado consegue fazer melhor que o estado.

Baron is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

26-03-16, 10:48 #26
O bom é q se a pessoa é inteligente, é só deixar ela viver. Só levar a vida normalmente q ela vai tomar tanta enrrabada do estado, vai ficar refém em tantas situações q ela naturalmente vai perceber pra que lado deve ir...

1 - Achar q o estado deve regular o máximo.
2 - Ver q a coisa deu merda e achar que devemos melhorar os órgãos reguladores.
3 - Ver q a coisa deu merda e achar q o estado deve se retirar de onde ele não precisa estar.
4 - Ter que aguentar quem tá na fase 1 e 2.
5 - Profit.

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
clash
Trooper
 

26-03-16, 11:33 #27
nossa sinhora,
num tem um tópico na DS mais com uma discussão descente e elucidativa, PUTAQUEEEEMEPARIUUUUUUUUUUU
NINGUEM AJUDAAAA

é só doutrinação
parecendo testemunha de Jeová batendo na porta de manhã C JA CONHECE A PALAVRA DE DEUSSSSSSSSS??????????????

 


O
MEMO
PAPO
TODA
VEZ
PUTA
QUE
PARIU

quando nao ligam o GPS
e fica
ESQUERDA
DIREITA
ESQUERDA
DIREITA


SÉRIO
QUE CHATISSE SEM TAMANHO

vamo sair fora disso

que tal alguém aprofundar na cartelização que os grande players fizeram
que tal alguém falar de monopólio/disponibilidade de capital igual teve um brilhaleco tempo atrás num tópico aí (acho que foi MDK e Baron)
quem sabe alguém falar de quais empresas tem poder de manobra nacional
que tal alguém falar das empresas de telecomunicações menores quebradas, tipo a CTBC se fudendo aqui no Goiás
sei lá, alguém argumentar do uso dessas empresas da MALHA PÚBLICA
de alguém falar que pruma empresa pequena/regional começar a prestar serviço vão demorar uns 39 anos até ela conseguir competir nacionalmente com essas que tão ai

PUTAQUEMEPARIUUUUUUUU
sai do primeiro período da faculdade da aula de introdução a ciência política

TODO
MUNDO

SABE
QUE
VCS
ODEIAM
O
APARELHO
ESTATAL
O
MINARQUISMO
VAI
SALVAR
AS
PESSOA


clash is offline   Reply With Quote
rockafeller
Chief Rocka
 

26-03-16, 13:23 #28
U wot m8

rockafeller is offline   Reply With Quote
Blazed
Trooper
 

26-03-16, 13:44 #29
TA SAIIIINDO DA JAULA O MONSTRO


Blazed is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

26-03-16, 13:59 #30
 

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
26-03-16, 15:37 #31

[SPOILER]

 



Jeep is offline   Reply With Quote
Responder

Thread Tools

Regras de postagem
Você não pode criar novos tópicos
Você não pode postar
Você não pode enviar anexos
Você não pode editar seus posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Atalho para Fóruns



O formato de hora é GMT -2. horário: 18:16.


Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2018, Jelsoft Enterprises Ltd.
User Alert System provided by Advanced User Tagging (Lite) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.