Darkside  

Voltar   Darkside > Darkside > Comunidade

Responder
 
Thread Tools
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
Default Buser

09-07-17, 00:03 #1
"imagine my shock"

http://bhaz.com.br/2017/07/08/uber-de-onibus-viagem/

A viagem inaugural do Buser, o Uber de Ônibus, aconteceria na noite dessa sexta-feira (7), porém, uma ordem judicial não permitiu a saída do veículo que teria como destino a cidade de Ipatinga, na região no Vale do Aço. Os criadores do aplicativo afirmam que irão recorrer da decisão na segunda-feira (10). A reportagem do Bhaz acompanhou todo o desenrolar da confusão. A Polícia Militar (PM) foi chamada até o local, passageiros ficaram sem saber o que fazer e emissoras de TV se reuniram para cobrir o impedimento.

A estreia do Buser parecia estar pronta para ocorrer. O ônibus fretado, da empresa Ramos Turismo, chegou ao ponto de encontro, em frente ao Baby Beef do Minas Shopping, às 19h. Os viajantes já aguardavam no local, 35 pessoas fizeram reserva.

Às 19h40, o ônibus saiu para iniciar a viagem, mas foi parado logo em seguida pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) e pela Polícia Militar. Dois carros do DER-MG e duas viaturas da PM cercaram o veículo. A espera para a resolução do conflito durou mais de três horas.


Polícia Militar e DER-MG cumprem ordem judicial contra o Buser (Bhaz)
Fiscais do DER entraram no ônibus e começaram a perguntar o destino, endereço, telefone e se as pessoas se conheciam. O serviço do órgão é fazer a fiscalização nas estradas e garantir que a lei seja cumprida. “As vistorias são feitas de forma aleatória. Mas essa especificamente, ficamos sabendo por meio das redes sociais. Essa viagem se configura de forma ilegal, já que ocorreu venda de passagens anunciadas pela internet. Por isso, a ordem é que o ônibus não siga viagem”, disse Catarino Rodrigues, fiscal do DER-MG.

O advogado da Buser, Guilherme da Cunha, diz que não houve venda de passagens em momento algum. “É na verdade, uma organização de pessoas que tem um interesse em comum. Queremos viabilizar que pessoas que querem ir para o mesmo destino, mas que não se conhecem, entrem em contato entre si e possam, conjuntamente, contratar um frete. Em nenhum momento foram comercializadas passagens, apenas um rateio do frete”, comenta.


Fiscal do DER-MG e advogado da Buser discutem sobre ordem judicial (Bhaz)
Guilherme da Cunha ainda fala sobre a preocupação na escolha das empresas que irão fazer as viagens.”Ela (a empresa) deve ser devidamente regularizada, registrada junto a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e com todas as licenças necessárias para efetuar o transporte. Também é importante que todos os passageiros que vão participar do transporte, sejam devidamente cadastrados e reportados junto ao DEER-MG e tudo isso foi cumprido. A empresa teve a preocupação de cumprir todas essas exigências legais”, relata o defensor.

A ordem judicial apresentada à empresa afirma que o Buser poderia seguir viagem mediante a pagamento de uma multa no valor de R$ 5 mil. Os agentes do DER-MG no local tiveram a interpretação que o veículo não poderia seguir viagem. “Trata-se de um transporte clandestino, não está regularizado para operar desta forma, portanto é ilegal”, comenta Catarino Rodrigues, fiscal do DER-MG.



Buser recorre nesta segunda-feira

De acordo com o advogado da empresa, o Buser recorrerá da decisão judicial nesta segunda-feira (10) ainda pela manhã. “Vamos apresentar as defesas e recursos que são possíveis nessa luta, que é pela liberdade. Precisamos sair das ‘garras’ dos sindicatos e das empresas de transporte intermunicipais de passageiros”, comenta Guilherme Cunha.

Em relação às decisões do DER-MG adotadas na noite dessa sexta-feira (7), de reter o veículo e não permitir a viagem, o advogado é enfático. “Até agora ninguém se responsabilizou. Os agentes só falavam de um decreto, uma ordem, nada por escrito nos foi apresentado. Precisamos verificar se foi uma ordem legal, dentro da competência do órgão”, completa o advogado.



“Eu ainda quero entender porque tivemos que cancelar a viagem se tínhamos licença, nota fiscal e toda a documentação certinha. Ficaram mais de três horas fiscalizando tudo e não encontraram nada errado. Então não sei mesmo o motivo de tudo isso”, comenta Marcelo Vasconcelos, co-fundador do Buser.

Marcelo Vieira Abritta, fundador do Buser, gravou um vídeo após o desfecho do caso.



Frustração

Após algumas horas de espera, viajantes desistiram de tentar seguir viagem pelo Buser. “Agora vou para rodoviária, tenho que chegar em Ipatinga. Mas acho que está claro aqui que o DER-MG só quis atrapalhar, avacalhar mesmo a viagem. Eles não encontraram nada, está claro que foi má fé”, comenta o economista Vinícius Costa, passageiro do aplicativo.

“Não somos contra o trabalho do DER-MG, sabemos que tem que haver fiscalização. Até agora eu estou sem entender, se está tudo legal, por que não saímos? A gente sabe que tem gente poderosa atrás disso aí, eles só estão cumprindo o papel deles”, comenta o engenheiro eletricista Hélio Oliveira, que também seguiria para Ipatinga.

A estudante de direito Vanessa Silva compartilhou sua indignação nas redes sociais. “Abuso de poder sim! Fretamos um ônibus para uma viagem, a fiscalização DER-MG parou sem nenhum argumento de irregularidade ou qualquer documento impedindo que a viagem prossiga. Além de tudo estão retendo o documento necessário para que a viagem seja feita. Se existe um impedimento, qual a dificuldade de informar aos passageiros? Absurdo. Falta de respeito com o consumidor. Isso só acontece no Brasil mesmo!”, desabafa.



Desfecho

Após mais de três horas de espera, ficou decidido que ônibus não viajaria mais e seria escoltado pela Polícia Militar e pelo DER-MG para a Rodoviária de Belo Horizonte. Os passageiros que quiseram seguir para Ipatinga tiveram que comprar passagens com a Viação Presidente. O custo que era de R$ 29,90 com o Buser passou para R$ 75,80 na rodoviária.


Passageiros do Buser no guichê da Viação Presidente para comprar passagens para Ipatinga (Bhaz)
O Buser informou a todos que o dinheiro será devolvido de forma integral e que eles arcarão com as despesas com a Viação Presidente, as passagens de ida e volta.

Os usuários do Buser prometem tentar viajar com a empresa novamente e apoiam a causa. “Fomos feitos de otários. Eles (DER-MG e Polícia Militar) conseguiram o que queriam. Mas ainda vou viajar com o Buser, vai dar certo”, comenta Vanessa Silva.





Jeep is offline   Reply With Quote
serjaum
Master Chief
 

Gamertag: serjaum
09-07-17, 00:34 #2
interessante essa carniça ai

serjaum is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

09-07-17, 08:36 #3
Assim não pode. Tem q pagar a proteção do estado.
 

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
Jeep
fagmin
 

XFIRE ID: ds-jeep Steam ID: jeep_ds
09-07-17, 09:30 #4
https://www.buser.com.br/

Quote:
Com um grupo de pessoas interessadas na mesma viagem, a Buser simplifica a contratação de um frete executivo que as possa atender.

O grupo não precisa encher o ônibus! Basta que o rateio do valor do frete dividido por cada um dos viajantes seja inferior aos preços praticados pela rodoviária!

Na média, com 80% de ocupação já será possível economizar 30%. Se a ocupação chegar a 100%, será possível economizar até 50% do valor praticado na rodoviária!
amagad! alguem pare esses monstros!

Jeep is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

09-07-17, 09:37 #5
E as linhas menos utilizadas e deficitarias? o Buser vai atuar?

FALTA TRANSPARENCIA!

SigSnake is offline   Reply With Quote
marconds
PHD em Dota 2
 

09-07-17, 10:06 #6
Quote:
Postado por Jeep Mostrar Post
https://www.buser.com.br/



amagad! alguem pare esses monstros!
Sem falar que muitas vezes os ônibus em rodoviária partem com 5-10% da capacidade.
Esse aplicativo ajuda a economizar recursos para a humanidade.

marconds is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

09-07-17, 11:16 #7
Quote:
Postado por marconds Mostrar Post
Sem falar que muitas vezes os ônibus em rodoviária partem com 5-10% da capacidade.
Esse aplicativo ajuda a economizar recursos para a humanidade.
Foda-se o planeta. O importante é justiça social!!!

Uehueheu

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
Many Kalaveraa
The real (1)
 

XFIRE ID: Mannyy Steam ID: 76561197992661279
09-07-17, 12:20 #8
Importante é pagar imposto pro governo

Many Kalaveraa is offline   Reply With Quote
David
Robson
 

09-07-17, 13:52 #9
Mias um exemplo lindo de livre iniciativa privada buscando alternativas dentro das regras. Imaginem com menos regras e impostos.

David is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

09-07-17, 14:52 #10
Quote:
Postado por David Mostrar Post
Mias um exemplo lindo de livre iniciativa privada buscando alternativas dentro das regras. Imaginem com menos regras e impostos.
Ai volta a ESCRAVIDÃO!

SigSnake is offline   Reply With Quote
Libertador
Ewok
 

09-07-17, 17:26 #11
Quote:
Postado por marconds Mostrar Post
Sem falar que muitas vezes os ônibus em rodoviária partem com 5-10% da capacidade.
Esse aplicativo ajuda a economizar recursos para a humanidade.
Verdade! Vai ajudar muita gente! Todos vão sair ganhando!

Enviado de meu SM-J700M usando Tapatalk

Libertador is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

09-07-17, 18:33 #12
Quote:
Postado por David Mostrar Post
Mias um exemplo lindo de livre iniciativa privada buscando alternativas dentro das regras. Imaginem com menos regras e impostos.
Não, aí vira selvageria !

Pq o homem quando parte de um governo, ele é bom, altruísta, fiscaliza, faz o bem.

O mesmo homem sem um governo de cabresto, só iria querer lucrar e foda-se os pobre e o planeta !

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
David
Robson
 

09-07-17, 21:00 #13
UHahuauhahua. A melhor coisa do livre mercado é que podemos escolher as empresas. Segundo os anarco-capitalistas, não há nem regras para impedir que uma empresa copie produto da outra. Então em tese a empresa que entregar melhor e mais barato será a preferência. Seria um ambiente muito mais fértil para concorrência surgir sempre que o mercado começar a ir pelo caminho do monopólio ou cartel.

Pra quem questiona que o "patrão" pagará quanto quiser, lembre-se que trabalhará naquela empresa quem quiser. Com menos interferência outras empresas oferecerão um pouco mais pelo trabalho e dsta forma o equilíbrio será alcançado. Hoje no Brasil não vemos isto acontecer porque a oferta de mão de obra não qualificada é muito grande e o conceito do salário mínimo impede muitas contratações de salários menores para quem tem pouca experiência e capacitação. Só que hoje vemos empresas disputando mão de obra qualificada e rara. O importante é a busca pelo equilíbrio. O melhor exemplo de que um salário menor e menos benefícios pode dar certo é o programa formal de estágio, permitido por lei. Só que ele é discriminatório, já que somente quem estuda poderá utilizá-lo. Não seria melhor tornar as regras mais genéricos e "linearizar" (tornar mais proporcional) o conceito de trabalho X remuneração?

David is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

09-07-17, 21:09 #14
Falando serio agora, o problema nem é salario minimo, o problema sao os encargos e justiça trabalhista do jeito que é...

Se a justiça trabalhista cuidasse so de meio ambiente de trabalho e de direitos difusos do trabalho (fiscalizar se nao tem agente nocivos, obrigatoriedade de uso de epi, etc) e tirasse todo o resto da putaria, poderia colocar o salario minimo pra 3k que as empresas iriam preferir (e os trabalhadores tbem)

menos os sindicatos huasehuase

mas o passo inicial, sem alterar muita coisa seria o fim da unidade sindical, acabar com essa putaria de sindicato unico, e sim qqr trabalhador poderia se filiar ao sindicato que quisesse

SigSnake is offline   Reply With Quote
Zedd
Trooper
 

10-07-17, 15:04 #15
Quote:
Postado por SigSnake Mostrar Post
E as linhas menos utilizadas e deficitarias? o Buser vai atuar?

FALTA TRANSPARENCIA!
Apesar de vc fazer o comentario de forma cretina, vc evidencia o fato de que ja sabe que um modelo desses n pode ser substituto completo do modelo de concessao (que de fato sofre por falta de transparencia), muito diferente de uber (que de fato poderia ser substituto completo de sistema de taxi)

Ou seja, vc esta se fazendo de burro de proposito, o que é só um pouco menos pior do que ser burro de verdade

Zedd is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

10-07-17, 19:29 #16
Cada um lê o que quer

SigSnake is offline   Reply With Quote
vegetous
Trooper
 

XFIRE ID: carniceiru
10-07-17, 21:40 #17
1. As empresas de transporte coletivo são uma máfia?
R.: Sim, uma das maiores do país!

2. Políticos mamam nas tetas dessas empresas, que em troca tem seus monopólios garantidos?
R.: Sim!

3. Você acha uma boa ideia combater essa máfia, viajando em veículos velhos, sem manutenção e guiados por motoristas que podem não apresentar as mínimas condições para dirigir profissionalmente (treinamento no estilo uber ou pior).
R.:

vegetous is offline   Reply With Quote
EviLBraiN
Trooper
 

11-07-17, 08:17 #18
Eles fretaram um ônibus. Igual quando vc vai numa excursão. É um ônibus das mesmas empresas com os mesmos motoristas.

EviLBraiN is offline   Reply With Quote
marconds
PHD em Dota 2
 

11-07-17, 09:47 #19
A regra é clara! Se usar aplicativo para facilitar, não pode!

marconds is offline   Reply With Quote
David
Robson
 

11-07-17, 13:49 #20
Quote:
Postado por vegetous Mostrar Post
3. Você acha uma boa ideia combater essa máfia, viajando em veículos velhos, sem manutenção e guiados por motoristas que podem não apresentar as mínimas condições para dirigir profissionalmente (treinamento no estilo uber ou pior).
R.:
É aí que falta regulamentação mais justa. É aí que geralmente falta transparência.

David is offline   Reply With Quote
vegetous
Trooper
 

XFIRE ID: carniceiru
12-07-17, 13:45 #21
Quote:
Postado por EviLBraiN Mostrar Post
Eles fretaram um ônibus. Igual quando vc vai numa excursão. É um ônibus das mesmas empresas com os mesmos motoristas.
Exatamente!

 


http://www.em.com.br/app/noticia/ger...ndo-mais.shtml


Last edited by vegetous; 12-07-17 at 13:56..
vegetous is offline   Reply With Quote
SigSnake
Trooper
 

12-07-17, 14:18 #22
Sindicato das Empresas de Ônibus...

Perai que vou procurar algum artigo de algum sindicato de taxistas falando bem do Uber...

SigSnake is offline   Reply With Quote
vegetous
Trooper
 

XFIRE ID: carniceiru
12-07-17, 18:08 #23
Quote:
...
Transporte clandestino e fretamentos desafiam e preocupam entidades

Na prática, a planilha de operações do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) parece confirmar a versão das empresas. Entre os ônibus de linha regular, foram 7,5 mil as fiscalizações realizadas pelo órgão nos primeiros cinco meses do ano, com 180 notificações. Já entre as operações de turismo e fretamento, foram 6,7 mil os veículos fiscalizados, com quase 1,2 mil notificações e 140 apreensões, proporção, portanto, muito maior de casos irregulares.

"Precisamos fazer com que a população saiba os riscos que corre com o transporte clandestino, que é mais barato, mas é inseguro e descoberto de qualquer tipo de regra. Se as pessoas sofrerem um acidente, verão que é um barato que sai caro", diz o diretor de transportes rodoviários do Daer, Lauro Roberto Hagemann.

Para o diretor, enquanto os ônibus de linhas regulares são avaliados previamente, além de passarem por fiscalizações nas estações rodoviárias, os veículos de turismo, fretados, geralmente são pegos, caso tiverem problemas, apenas nas abordagens, feitas de maneira aleatória e por amostra, diretamente nas rodovias estaduais.

"O empresário dono de veículo de fretamento pode ficar muito tempo sem fazer a vistoria e continuar circulando, e só poderemos detectar e puni-los durante essas abordagens", explica Hagemann, que salienta a realização de abordagens, também, no principais eventos do Estado. No mês passado, por exemplo, foram fiscalizados 75 veículos fretados para a romaria de Nossa Senhora do Caravaggio, em Farroupilha, onde 30 foram autuados por problemas com laudos de inspeção, apólice de seguro, lista de passageiros ou mesmo o uso do cinto de segurança pelos passageiros.
...
http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=198434



Quote:
Acidente com ônibus fretado em Santa Isabel evidencia falta de fiscalização


O acidente com um ônibus com 40 funcionários de uma prestadora de serviço da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), que capotou no KM 70,5 da Rodovia SP-56, em Santa Isabel, na manhã de segunda-feira (28), expôs, mais uma vez, a falta de fiscalização do transporte coletivo que circula no município.

Não é raro ver notícias sobre mortos e feridos em rodovias e estradas de Santa Isabel ou que passam pela região. No entanto, a Prefeitura não consegue desenvolver e colocar em prática um mecanismo que tire de circulação ônibus fretados que atendem milhares de trabalhadores e estudantes, mas que não possuem o mínimo de condições para executar esse tipo de atividade.

A cena que se vê durante o começo da manhã de todos os dias da semana em Santa Isabel é de dezenas de ônibus fretados pegando os trabalhadores e os estudantes. O volume deste tipo de transporte já seria justificativa suficiente para a Prefeitura implantar um sistema rigoroso de fiscalização.

De acordo com os dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), entre janeiro e outubro de 2016, oito pessoas já morreram no trânsito da cidade (o que a polícia registra como homicídio culposo por acidente de trânsito). Número de mortes que já igualou todo o ano de 2015, mesmo que com dois meses a menos.

Ainda entre janeiro e outubro de 2016, 91 pessoas tiveram alguma lesão causada no trânsito (o que a polícia registra como lesão corporal culposa por acidente de trânsito) do município. Por mês, em média, quase nove pessoas saem com algum tipo de ferimento.

É evidente que os acidentes não são causados exclusivamente pelos ônibus e as vans do transporte fretado, porém, pelo bem das pessoas que dependem deste recurso, é fundamental que haja uma maior fiscalização, até mesmo para tirar de circulação não apenas os veículos em más condições, mas os motoristas imprudentes e despreparados.

...
http://webcache.googleusercontent.co...&ct=clnk&gl=br


Difícil encontrar estatísticas referentes ao transporte fretado!

vegetous is offline   Reply With Quote
Zedd
Trooper
 

13-07-17, 08:24 #24
Que acontece acidente com ônibus (fretado, ilegal) a rodo ngm discute, pq é fato registrado
O que importaria é saber o quanto a fiscalização que existe evita acidentes, se ela é feita direito e qual o custo x benefício (risco de acidente vs. as pessoas poderem ir de ônibus pros lugares)

O papo da fiscalização foi usado contra o Uber e que eu saiba não teve nenhum aumento de acidente de trânsito sensível por ter muitos mais motoristas rodando como sua profissão

Zedd is offline   Reply With Quote
David
Robson
 

13-07-17, 10:40 #25
Empresa fundo de quintal é uma coisa. Empresas sérias não querem acidentes nas costas. Podem ter certeza que o Uber não será a melhor referência de solução de transporte, principalmente no Brasil. O foco do Uber é primeiro mundo e veículos automatizados.

David is offline   Reply With Quote
Responder

Thread Tools

Regras de postagem
Você não pode criar novos tópicos
Você não pode postar
Você não pode enviar anexos
Você não pode editar seus posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Atalho para Fóruns



O formato de hora é GMT -2. horário: 21:09.


Powered by vBulletin®
Copyright ©2000 - 2018, Jelsoft Enterprises Ltd.
User Alert System provided by Advanced User Tagging (Lite) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.